quinta-feira, novembro 18, 2010

Tela Abstracta - II.


Para mim pintar é uma maneira de esquecer a vida. É um grito na noite, um riso estrangulado

Rouault , Georges

4 comentários:

Ana Martins disse...

Lindíssimo Isabel, adorei!

Beijinhos,
Ana Martins

Fatyly disse...

Uma frase certeira! Sinceramente e desde já pedindo desculpa sem querer "ferir" o teu trabalho/arte, não aprecio "o abstrato" e olho para a tela não me diz nada!

Beijocas e um bom dia

Ana Martins disse...

Olá Isabel,
podes colocar aqui à vontade.

Beijinhos e bom fim de Semana,
Ana Martins

poetaeusou . . . disse...

*
enigmática
e metafísica tela,
,
parabéns,
,
conchinhas,
,
*