quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Qual É?



Qual É?

O dia mais belo? Hoje.
A coisa mais fácil? Errar.
O maior obstáculo? O medo.
O maior erro? O abandono.
A raiz de todos os males? O egoísmo.
A distração mais bela? O trabalho.
A pior derrota? O desânimo.
Os melhores professores? As crianças.
A primeira necessidade? Comunicar-se.
O que mais lhe faz feliz? Ser útil aos demais.
O maior mistério? A morte.
O pior defeito? O mau humor.
A pessoa mais perigosa? A mentirosa.
O sentimento mais ruim? O rancor.
O presente mais belo? O perdão.
O mais imprescindível? O lar.
A rota mais rápida? O caminho certo.
A sensação mais agradável? A paz interior.
A proteção efetiva? O sorriso.
O melhor remédio? O otimismo.
A maior satisfação? O dever cumprido.
A força mais potente do mundo? A fé.
As pessoas mais necessárias? Os pais.
A mais bela de todas as coisas? O amor.


(Madre Teresa de Calcutá)

21 comentários:

wind disse...

Lindo trabalho para umas belas citações /poema de Madre teresa:)
Beijos

Andrea Motta disse...

Isa querida amiga.
Retornei das férias, há alguns dias, mas somente agora consegui tempo para visitar aos amigos.
Li com cuidado teus ultimos posts, estão ótimos! E suas imagens a cada dia melhores. Parabéns!
Beijos com carinho,
Andréa

Marco Ferreira disse...

Palavras sábias e imagem linda.

marinheiroaguadoce a navegar

Amaral disse...

Isabel
Qual é a palavra que mais gostaríamos de ouvir e nem sempre a ouvimos?
Obrigado.
Muito bonito o texto e aimagem.
Bjos

guiga disse...

Uma senhora especial! :)
*.*

anamarta disse...

Nada melhor do que esta imagem e citações,para terminar o meu dia de trabalho.
Obrigada
bjs

São disse...

Gostei muito do texto que tiveste a gentileza de nos oferecer!
Beijinhos, muito.

São disse...

Desculpa, claro que também gostei muito da imagem ( aliás, como sempre)!!
Fica bem!

Odele Souza disse...

Este texto de Madre Tereza é lindo e sempre muito oportuno reler.
Obrigada por colocá-lo novamente diante dos meus olhos. É sempre muito bom refletir sobre estas palavras.

Um beijo.

Odele Souza disse...

Desculpe, tua imagem não me passou despercebida no comentário anterior. Nem poderia, pois como sempre fico encantada diante de teu trabalho. Foi uma falha no meu comentário.

Um beijo.

peciscas disse...

A sensação mais agradável? A paz interior.
É a frase que mais me disse.

E o teu trabalho de hoje, dá-nos essa mesma sensação.

Mário Relvas disse...

Magníficas palavras!

bjs

Miguel disse...

Bem citado Isabel ...!

Bjks da M&M & Cª!

poetaeusou . . . disse...

*
há 4 decadas que repito esta frase,
,
quem julga as pessoas,
não tem tempo para amá-las,
,
in - "irmã teresa"
,
espera por mim irmã,
,
conchinhas, isabel-f
,

Paula Raposo disse...

Excelente trabalho, Isabel! Beijos.

amigona avó e a neta princesa disse...

Lindo Isabel! A imagem e o poema!
(porque será que não vês a imagem no meu blog? Fico preocupada. Desde que a Grace fez as mudanças acontecem coisas assim!)
beijos...

amigona avó e a neta princesa disse...

Já respondi à tua mensagem lá no meu canto sobre a tua mãe...beijinhos..

Graciela de Palomas de Papel disse...

Isa!!!, has vuelto con toda la energía. Eres mi artista preferida!!!, bellísimas ilustraciones.
AMIGA, no has retirado tu premio?:
http://gracielaroth.blogspot.com/2008/02/arte-y-pico.html
en realidad no es un premio es UN ABRAZO DE AMISTAD, UN HALAGO QUE NUNCA ESTÁ DEMÁS.
Beijos, he dejado de aprender portugués, ohhh no tengo tiempo.

Belzebu disse...

A Madre Teresa demonstrou na vida, a mesma simplicidade e objectividade que demonstra nas respostas a estas questões! Muito interessante.

Aquele abraço infernal!

aDesenhar disse...

um post recheado de verdades.
Como sempre, bem acompanhado pela
arte de bem criar e adaptar uma imagem.
:-)
bj

Mocho-Real disse...

Sábias palavras de uma mulher de bem!

Abraço.