sábado, novembro 14, 2009

A vida ...



VIVA A VIDA


A vida é uma oportunidade, aproveite-a...
A vida é beleza, admire-a...
A vida é felicidade, deguste-a...
A vida é um sonho, torne-o realidade...
A vida é um desafio, enfrente-o...
A vida é um dever, cumpra-o...
A vida é um jogo, jogue-o...
A vida é preciosa, cuide dela...
A vida é uma riqueza, conserve-a...
A vida é amor, goze-o...
A vida é um mistério, descubra-o...
A vida é promessa, cumpra-a...
A vida é tristeza, supere-a...
A vida é um hino, cante-o...
A vida é uma luta, aceite-a...
A vida é aventura, arrisque-a...
A vida é alegria, mereça-a...
A vida é vida, defenda-a...

(Madre Teresa de Calcutá)

19 comentários:

peciscas disse...

Saibamos merecer esta dádiva com que fomos contemplados.
Façamos da nossa vida tudo isso e muito mais e tentemos contribuir para que a vida dos outros seja também algo que valha a pena ser dia a dia continuado.

As cores da vida disse...

É assim mesmo :DD

beijinho**

Fatyly disse...

O teu trabalho está tão bonito para este hino à VIDA!.

Beijos e um bom domingo

aDesenhar disse...

a tua pintura virtual tem vida.
:-)

bj

São disse...

A vida é uma preciosidade que devemos respeitar em qualquer contexto, mas só com dignidade e qualidade.

Boa semana.

Brancamar disse...

A vida assim florida como a apresentas e tão bem conjugada com os pensamentos de Madre Teresa de Calcutá, é bom vê-la tão bem representada e é bom vivê-la assim.
Beijinhos.
Branca

Odele Souza disse...

Madre Tereza de Calcutá, nos presenteia com temas que sempre nos fazem refletir. Uma pequena mulher sempre a dizer grandes verdades.

Eduardo P.L disse...

A VIDA é assim mesmo!!!!
Fazia muito tempo, mesmo!!!
Gostei de sua visita, e aproveito para confessar que andava saudoso, delas!

Volte sempre!

Bjs

São disse...

Viva!

Um beijo.

Baby disse...

A VIDA, hoje e aqui, foi uma lição de vida.
Fez-me bem ler todos estas máximas da Madre Teresa de Calcutá e vou pedir-lhe que me ajude a cumpri-las à risca, porque a Vida é realmente para viver, não para desperdiçar!

Foi um prazer a tua visita e outro maior contemplar de novo as tuas fotos artísticas.

Beijinhos.

wind disse...

A vida é isso tudo, sim:)
Bonito trabalho!
Beijos

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Isabel, belo trabalho junto com um pensamento da Madre de Calcutá...Espectacular.....
Beijos

Lmatta disse...

a vida é isso
belo trabalho como sempre
beijos

O Guardião disse...

A vida é tudo isto e a sabedoria e simplicidade com que está descrita deve ser apreciada.
Cumps

Fragmentos Betty Martins disse...

.________querida amiga Isabel




sempre de PARABÉNS pela Arte excelente _________a sua!




(.)


madre T. de Calcutá_________a palavra suprema!






:)




_______________///






beijO______ternO

João Videira Santos disse...

A vida é afinal um sopro breve e fugaz onde a existência acaba por se esgotar...

tulipa disse...

OLÁ ISABEL
Como gostas de ARTE decidi fazer-te um desafio...
Espero que aceites!

Felizmente que não é só nas grandes cidades que se nota, nos últimos tempos outra dinâmica, uma outra forma de fazer cultura.
Desta vez será em ALPIARÇA, na sua Biblioteca Municipal.

Vou montar outra exposição de fotografia.
A exposição procura divulgar o que vivenciei pelos caminhos da Índia. Tendo como ponto de partida a fotografia, faço uma reflexão através do tempo sobre imagens que descrevem a solidão dos povos e o significado do seu sofrimento bem como da sua alegria envolvida pela pobreza de géneros necessários à sua sobrevivência, a par da solidariedade e esperança de uma justiça digna.

Aos poucos vou conseguindo aquilo que quero, ou seja, esta EXPOSIÇÃO está aberta aos sábados de tarde, para proporcionar às pessoas que trabalham a oportunidade de a visitar numa tarde de sábado.

Fica o convite para a inauguração no próximo sábado (amanhã), dia 21 de Novembro, pelas 14h 30m.

Conto com o apoio de todos os que me têm acompanhado ao longo deste tempo, na blogosfera.

Os teus trabalhos estão excelentes.

Mário Relvas disse...

Olá Isabel,

ando mt ausente, mas cá estou maravilhado com a tua arte infindável e com as palavras de Madre Teresa!!

Um beijinho de saudade e a amizade

Sandokan disse...

Necessitamos de amor. Ele dá sentido às nossas vidas. É o combustível que nos anima. Sem ele é difícil suportar o destino, ou amar a vida.
O amor é-nos intrínseco, e, de acordo com certa visão científica, ele é o herdeiro de um certo sonho bacteriano: o sonho remoto de qualquer bactéria em se unir e fundir com outra.
Alguns pensadores, sobretudo modernos e contemporâneas defendem que o homem não pode prescindir da ilusão. Ela faz parte da natureza humana, e é uma forma de fugirmos à vida real, e ao sofrimento e falta de sentido presente no fundo da nossa existência. A vida passa pelo sonho. O homem não suporta viver constantemente a verdadeira realidade.
Abençoado seja o que inventou o sono, a manta que cobre todos os pensamentos humanos, o alimento que satisfaz a fome, a bebida que apazigua a sede, o fogo que aquece o frio, o frio que modera o calor, e, finalmente, a moeda corrente que compra todas as coisas, e a balança e os pesos que igualizam o pastor e o rei, o ignorante e o sábio.
Devemos agradecer às ilusões. E aceitá-las sem queixumes, se porventura colidem com a realidade e se desfazem em pedaços. Elas são, afinal, uma forma de dar sentido à vida.