terça-feira, outubro 28, 2008

Um outro tipo de Amizade?

... convido-vos a conversarmos sobre este tema ...

beijinhos

Isabel

20 comentários:

Paula Raposo disse...

Pois é. Amizades virtuais. Já um destes dias dissertei sobre isso no Peciscas. É como em tudo, existem boas pessoas e menos boas. Prefiro sempre e sem dúvida, conhecer pessoalmente do que através de um écran. Beijos.

Fatyly disse...

Claro que há e as que surgem aqui começam sempre pela empatia que se cria com quem escreve e que muitas vezes pode passar ao conhecimento pessoal/real.
Tenho amigos(as) de longa data, alguns aqui que já conheci pessoalmente e são tal e qual o que escrevem, e quer aqui, quer na vida real também já me deparei com falsas amizades, mas com isso posso bem, esclareço frontalmente e depois pura e simplesmente remetidos(as) para o silêncio.
Tive uma colega que há vinte e tal anos tentou sem êxito lixar-me no serviço. Não foi o factor "lixar" foi o método que usou. Confrontei-a perante a administração e passei apenas a dar-lhe as saudações.
Pois é, há tempos falou-me, pediu-me desculpas, que patiti, patatê...e porque não perdoar? ora, ora...e volta e meia falamo-nos.

Os amigos são como as ondas do mar...vão e vêm conforme as marés. Os verdadeiros vão ficando no areal como conchas:)

Um enorme abraço e a tua imagem está soberba!

guiga disse...

Tenho-me dado optimamente com este tipo de amizades. Conheço pessoas fantásticas! E já partilhei muito com elas e continuo a partilhar.
Aliás, tudo em dose média faz bem.
*.*

Um Poema disse...

....
O certo é que aqui nascem conhecimentos e podem surgir amizades muito boas.
Mas, como em tudo, podem também construir-se ficções que se traduzem em nada. Se bem que, atrás da tela e, quantas vezes, do incógnito, as máscaras tenham tendência para cair.
Encontrei aqui bons amigos, alguns dos quais tive oportunidade e o prazer de conhecer pessoalmente, mas cruzei já, também, com outros de quem não guardo saudades.

Um abraço

peciscas disse...

Conforme a Paula recorda, já abri um debate lá no Peciscas sobre a questão das amizades reais/virtuais.
Tenho para mim que as amizades que se criam através da net podem ser bem reais e bem presentes. Porque, com a vida actual, sempre frenética e isoladora, as "amizades de carne e osso" têm pouco tempo e espaço para se cultivarem.
Muitas vezes é na net onde sentimos o recolhimento, o tempo, até o silêncio, para estarmos mais próximos de gente muito bonita que, pouco a pouco vai entrando na nossa vida. E com quem podemos compartilhar sentimentos, dúvidas, emoções, afectos.
É claro que, como em tudo na vida, aqui aparecerão pessoas sem interesse, falsas, oportunistas. Mas a gente tem de estar preparada para fazer a adequada triagem, separando o trigo do joio e eiliminando quem não interessa.

Uma nota para a excelente imagem que, só por si, nos indicou o tema a abordar.

mfc disse...

Sem dúvida alguma.
Conheci por aqui várias pessoas e depois confirmei pessoalmente o acerto do juízo que fiz delas!
Não estou nada arrependido.

Amaral disse...

Isabel
O post está muito bonito, revela muita criatividade.
Quanto à amizade virtual... vale mais a presencial, mas a net sempre ajuda a aproximar as pessoas.
Bjos

Ana Martins disse...

Olá Isabel,
ainda é muito pouco o tempo que ando por aqui na blogosfera, mas posso dizer que já sinto um carinho especial por algumas pessoas que conheço virtualmente.
É certo que todos sabemos que por aqui podemos cruzar com todo o tipo de pessoas, mas temos que estar preparados para isso, e se um dia chegarmos à conclusão que esta ou aquela pessoa não é o que parecia, a melhor atitude a tomar é afastarmo-nos.

A imagem está fantástica, só por si ela apresenta bem o tema.

Beijinhos

LuisaB disse...

Olá Isabel
Não fui convidada mas a porta estava aberta e não me fiz rogada ao tema. Já cá entrei antes mas...inibi-me.
Amizade virtual, tenho feito melhores amizades virtuais que algumas no real.
Sou madrinha de casamento de um casal que conheci no virtual.
Amiga de pessoas que precisaram da minha ajuda entre muitas outras amizades que tenho tanto carinho por elas como se as conhecesse de sempre. A minha amiga Anita que em breve abrirá aqui um blog , ainda é inexperiente nestas andanças é como se fosse a minha manita. Somos muito unidas e sentimos imensas saudades uma da outra, assim como de algumas outras. Reparo que no feminino tudo corre bem mas em amizades masculinas já não posso dizer o mesmo, obviamente aqui em chats ou sites diversos já serei mais "assediada" e não para amizade o que me entristece, mas não posso dizer que não tenha também uns 5 bons amigos. Resultado: Balanço positivo! Aconselho e recomendo virtual sobretudo para quem não tem tempo para o real que é o meu caso. Tenho um filho autista/asperger que não me permite sair de casa porque não pode ficar sozinho.
Nestes e outros casos é sempre bom contar com uma palavra ou opiniões de amigos virtuais, se não fosse assim vivia enclausurada entre quatro paredes sem falar com quase ninguém.

P.S Agradeço a todas as amigas/o pelo suporte e alegrias que me deram até a dia de hoje. Espero continuar a aumentar esta partilha de amizade virtual, porque são pessoas fantásticas, de coração lindo e que nos ajudam quando mais precisamos e basta uma palavra na hora certa para que a nossa disposição ou vida mude.

Beijinhos e abracinhos.

Odele Souza disse...

Acho que uma amizade virtual pode se tornar uma gostosa amizade real.
A Internet pode nos propiciar conhecer - mesmo que virtualmente - pessoas maravilhosas. Por aqui, através do contato constante, é possível criar fortes laços de afetos. Esse contato nem sempre é constante com os amigos não virtuais. Porque estes, apesar de estarem mais próximos de nós,estão sempre na correria da vida e não têm tempo para a troca de afetos, e sem este, a amizade não existe.

Quanto a sermos enganados por aqui, não o seremos por muito tempo pois a pessoa que usa máscara não demora muito e a deixará cair.
Beijinhos.

Andréa Motta disse...

Isa querida.
Passo rapidamente para deixar meu abraço e dizer-lhe que não obstante, eu quase não tenha tempo para navegar pela web, sempre que possível passo por aqui. Gostei muito deste post. Acho que amizades virtuais, são iguais as reais... algumas boas e outras que nos decepcionam. Prefiro amizades reais pq. posso ver os olhos, mas algumas pessoas com quem tenho contato apenas virtual, são indiscutivelmente mais amigas que algumas cujo contato é pessoal.

Deixo beijos
Andréa

C Valente disse...

Quando existe amizade, camaradagem compreenção e entendimento, em qualquer lugar se está bem
Saudações amigas
Nota. adora a musica de fundo

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Isabel, a amizade virtual é fantástica...
Beijos

Mar Arável disse...

Boa proposta

minha amiga

entrepontosevirgulas disse...

Olá, Isabel, boa tarde!

A imagem é bela, porém sua frieza me assusta. O apelo tecnológico não dá tréguas. Com prudência, lucidez e bom senso é possível estabelecer bons laços de amizade sim. Mas as decepções podem vir a cavalo. Importante procurar sentir a alma de cada pessoa e se aproximar com cuidado.

Construí alguns bons relacionamentos por aqui ao longo de 20 anos. Mas não se pode tirar os pés do chão e substituir o mundo real pelo virtual. Isso seria um grave desvirtuamento das relações interpessoais. A vida pede exposição pessoal, olhos nos olhos, toque, calor de abraço, envolvimento e assertividade para o bem da saúde mental.

Lindo o seu blog, beijos

Sonia

poetaeusou . . . disse...

*
eu não diria um outro tipo,
eu digo o novo tipo,
e mais,
prefiro as virtuais
ás
pessoais e não sou o culpado ...
,
brisas fresquinhas, deixo,
,
*

SILÊNCIO CULPADO disse...

Isabel
Não, não é outro tipo de amizade. É a mesma amizade porque parte do coração e dos afectos, busca calor e ternura.
Que importa que a presença não seja total? Quantas vezes ao tocarmos uma pessoa a sentimos distante? No mundo virtual não tocamos mas por vezes sentimos uma grande proximidade.

Beijos

Eduardo P.L disse...

O Silêncio Culpado disse bem! Disse TUDO! Sinto assim também! A virtualidade das amizades, ás vezes é mais presente e real que aquelas que temos ao alcance das mãos!

Bjs

Alvaro Gonçalves disse...

Boa noite Isabel,

Amizades, ora, amizades / amigos são como bençãos divinas que não escolhemos elas simplesmente aparecem vindo daqui ou dali, são algo que se sente ou não, são sempre bem vindas sejam elas estrelas ou cometas. São algo que nos faz sentir bem mesmo quando nos confrontamos com coisas inesperadas, ou nos alegramos com algo em comum, são assim os amigos, são presentes mesmo quando tudo parece perdido, mesmo quando se zangam, ou discordam, os amigos, as amizades são fruto de um convivência, seja ela virtual ou não, são sempre amigos, são amigos, porque seus corações e almas em algum momento se tocaram e assim permanecem mesmo que tudo possa parecer distante, nem sempre concordam, nem sempre discordam, são simplesmente amigos.
Amigos são aquela família que escolhemos, e não a que nos foi dada por nascença, por isso muitas vezes se fazem notar mais do que as outras. Por isso são anjos que nos seguem, que habitam nosso mundo, povoam nossos corações e a ele vivem apegados mesmo que faça sol ou chuva.
Beijos de luz

Ana Oliveira disse...

Isabel
Amigos são também as pessoas de quem nos lembramos, mesmo sem as conhecer
pessoalmente, aquelas que nos habituamos a tentar descobrir a alma pelo que nos transmitem dia a dia, aquelas que temos pena de não visitar e deixar uma palavra para que saibam que já fazem parte do nosso mundo ou do nosso imaginário, como tenho sentido isso bem...por problemas de acesso à net, não tenho podido fazer as visitas habituais e já me sentia com falta e em falta.

Beijos