segunda-feira, setembro 15, 2008

Solidariedade: JUSTIÇA para FLÁVIA.

Blogagem Colectiva para Flávia em 9/Set/2008
(clique no selo acima e visite o Blog de Flávia)

Para a minha participação nesta Blogagem Colectiva, escolhi um poema de Ana Martins, do Blog Ave sem Asas.


Um Anjo no Leito


Dez anos de idade

Sonhos de infância em apogeu

Criança linda de verdade

Que a mão do Homem adormeceu.


Vinte anos agora tem,

Seu olhar impávido e sereno

Dá força a sua Mãe

Que a cuida com tanto zelo.


Um verdadeiro bebé grande

É esta menina imaculada,

Por isso há muito quem reclame

Pela justiça atrasada.


O ralo dessa piscina

Não sugou só seus cabelos,

Sugou-lhe também da vida

Tudo o que há de mais belo.


Uma vergonha verdadeira,

É de bradar aos céus tanta lentidão

Porque na justiça brasileira

Dorme a voz da razão.

Junto assim a minha voz, às centenas de vozes,

que hoje estão com a Flávia.


48 comentários:

Odele Souza disse...

Isabel,
Bela a tua bela imagem e lindo o teu gesto de SOLIDARIEDADE para com a causa de Flavia, deixo aqui minhas palavras de gratidão e amizade. Muito obrigada também a Ana Martins pela beleza do poema dedicado à Flavia e pela delicadeza de seu gesto.

Sem mais palavras, saio comovida.

Um beijo.

peciscas disse...

Também digo PRESENTE!

A tua imagem, feita com arte mas também com sensibilidade e ternura são um tocante forma de participares neste grande movimento de solidariedade a que nos orgulhamos de pertencer neste dia simbólico e importante.
O poema, é também, mais uma demonstração de que a nossa querida Flavia e a sua mâe coragem, Odele, não estão sós.
Têm consigo o amor de muita gente que, hoje e sempre, estarão do seu lado.

Ana Martins disse...

Querida amiga,
a imagem que escolheste para ilustrar o poema é simplesmente lindíssima.

A nossa Flávia a grandiosa MÃE Odele merecem tudo o que possamos fazer por elas.

Beijinhos.

Curiosa disse...

Isabel,

Que imagem expressiva (com sua licença vou levar para o CC&Cª), que tocante é o poema de Ana Martins.

A situação da Flavia é gritante, tal é a ineficiência da justiça.

Força.

Um forte abraço.

Baby disse...

Admiro o teu gesto de solidariedade a que vou aderir também. Que todos juntos consigamos tansmitir à mãe Odele toda a força de que ela necessita para prosseguir na sua luta pela justiça a favor de Flávia.

Eduardo P L disse...

Isabel,

bonito gesto de SOLIDARIEDADE!

Parabéns pela participação!

Bjs

Luci Lacey disse...

Isabel

Lindo post, emocionante poesia.

Flavia e Odele, merecem todo o nosso apreco.

Justica sera feita para Flavia, se Deus quiser.

Beijinhos e boa blogagem e boa semana.

amigona avó e a neta princesa disse...

Apenas consigo dizer: Bem-hajas!Beijos...

Brancamar disse...

Bom dia Isabel,

Já ontem passei por aqui tarde, porque acabei o meu trabalho já de madrugada. Apreciei o teu post, lindo como sempre, desde a imagem ao poema de Ana Martins.
Venho trazer o meu abraço solidário e fazer votos para que esta onda de solidariedade chegue a Brasília.
Beijinhos

Maria Clarinda disse...

Miga...lindo o teu post sobre a Flávia. Já postei algo também por este dia.
Cheguei ontem de férias, estive passeando agora pelo teu espaço...cada dia as imagens estão mais lindas, e as palavras também.
Um beijo grande

Paula Raposo disse...

Comovida...beijos.

Menina_marota disse...

Minha querida Isabel, espero que não te importes que te tenha "roubado" a imagem e o poeta para me juntar a todos nesta grande blogagem a favor da Flávia.

Um abraço carinhoso.

MR disse...

um belo poema ...

gostei muito.

expressodalinha disse...

Junto também o meu apelo.

aDesenhar disse...

um por todos e todos por um

bela imagem de solidariedade por Flávia
e um poema a condizer com a beleza
da tua postagem.

:-)
bjs
e boa semana de trabalho

Alice Salles disse...

Lindo poema, linda imagem e grande gesto de solidariedade!

Marco Ferreira disse...

Já uni também a minha voz, nesta blogagem colectiva.

marinheiroaguadoce a navegar

Só- Poesias e outros itens disse...

Isabel:

Umaa ótima reflexão sobre Solidariedade.
linda imagem e poema.

Gostei de vir aqui e conhecer.

bjs.

JU Gioli

Marcos disse...

Primeiramente queria reverenciar o conteúdo deste Blog. Muito bom. Sou editor e responsável pelo blog Cultura Nordestina: http://culturanordestina.blogspot.com/, nele divulgo os diversos ramos de nossa cultura popular nordestina e brasileira. Venho propor uma parceria na troca de links entre nossos blogs. Caso tenha interesse, é só avisar. Abraços.

Anónimo disse...

Registro aqui, meu carinho à você Isabel, e, em especial Odele e Flavia, neste dia e sempre!!!
Abraços,
Eliana -Mogi Guaçu-SP/Brasil.

Anónimo disse...

Registro aqui, meu carinho à você Isabel, e, em especial Odele e Flavia, neste dia e sempre!!!
Abraços,
Eliana -Mogi Guaçu-SP/Brasil.

wind disse...

Belo poema e bela a tua imagem.
Estamos todos juntos:)
Beijos

Um Poema disse...

Isabel,

É este abraçar de causas, esta solidariedade, que faz com que a blogosfera valha a pena.

Obrigado pelo teu comentário.

Um abraço

Adelino disse...

Muito linda a sua postagem, Isabel. Gostei muito.
Beijos

Amaral disse...

Isabel
A minha voz também se junta a este grito de dor/revolta.
Boa semana
Bjo

guiga disse...

Também me juntei a esta blogagem colectiva!
Força Odele! Força Flávia!
*.*

Luma disse...

Isabel, poema e imagem espetaculares! Não sei se existe alguém que não se sensibilize com os problemas que Flávia e sua familia estão passando. Que a justiça seja breve!! O tempo já correu demais!! Beijus

Francine Esqueda disse...

Isabel, esta história real me emocionou muito! Torço pela Flavia e espero que tds os desejos da Odele sejam realizados!
Agradeço sua visita e o comentário simpático que deixou no meu blog!
Beijos carinhosos!

Heloisa B.P disse...

UM IMENSO ABRACO, CARA AMIGA******!

JUNTO-ME A VOSSA SOLIDARIEDADE, PELOS DIREITOS DA FLAVIA******!
.............
O MELHOR SEJA FEITO PARA ELA E POR ELA E SUA MAE***** E, O MELHOR, SERA' SER FEITA JUSTICA E... QUE A SAUDE LHE FOSSE RESTITUIDA!
...........
Sua amiga (ainda que ausente!...),
Heloisa B.P.

Lumife disse...

Parabéns a todos que expressaram o valioso sentimento de solidariedade.

É um exemplo a seguir para tantos casos idênticos que infelizmente nos rodeiam.

Beijos

beezzblogger disse...

Olá Querida amiga, Lindo poema e já o havia dito á Ana, mas o importante é esta nossa união em torna da nossa menina e da sua mãe Odele.

Beijos com amizade do Beezz

Ashera disse...

Junto a minha à vossa voz!
Adorei o teu site e tudo que possas imaginar vou adicionar-te para ficarmos mais perto
Parabéns pessoa linda
Beijos
Ashera

Georgia disse...

Isabel, muito triste este fato. Nem posso imaginar quanta dor essa mae, essa família já tiveram.

Que alguém possa ouvir o clamor dessa mae.

O poema exprimiu com muito sentimento toda a dor dessa familia.

Boa noite e abracos

Maria Augusta disse...

Que belo poema para lembrar este drama vivido por esta família.
Lindo post!
Beijos.

Rosa Silvestre disse...

Olá Isabel, espero que não te importes de ter colocado a tua foto sobre a Flávia no Enferm@gem Pedi@tric@. Bjinho, RS.

Papoila disse...

Isabel.. as lágrimas rolaram pelo meu rosto ao ler este poema ...
E a tua imagem está tão bonita...

Um beijo amiga

BF

Miguel disse...

Isabel,

Desculpa-me mas a tua imagem é que é divinal ...!

E o texto também ...!

Bjks da M&M & Cª!

ery roberto disse...

Izabel, os versos dizem tudo. Não é necessário mais absolutamente nada ao entendimento e alcance da sensibilidade com tão justa causa - o ato de juntarmos o nosso grito contra a inoperância da Justiça brasileira.

O comportamento em si representa o quanto nossos poderes agem alheios à sensibilidade com as necessidades humanas, produzindo, destarte, real descompromisso com a solidariedade.

Parabéns pela participação.
Abraço.

Ery Roberto
www.infinitopositivo.blogger.com.br

Denise disse...

Isabel
Linda e inteligente postagem, consegui unir dois temas para abordar de forma impecável a situação dramática de Flávia. Solidariedade é exatamente nos indignarmos com situações do próximo e não acharmos que importantes são só nos problemas e conflitos.
Agradeço a visita em meu blog.
Denise

Mendi disse...

Olá passando para ler sua adesão.
Assim conseguimos ler o que cada um postou. São diversos pensamentos em um único objetivo.
A união faz a força. Justiça! A morosidade precisa terminar. Precisamos dessa blogagem coletiva estou aqui com você vestindo a camisa.
Beijos na sua alma.

gotaelbr disse...

Isabel,

Tento seguir tua "arte"...mas é difícil acompanhar. Um abraço macua, sincero por teu elogio e tua companhia virtual lá pelo ForEver PEMBA e aguardemos atentos o resultado de nosso clamor solidário.

Menina_marota disse...

Bom dia, Isabel!

Passei para te deixar um abraço solidário e desejar-te um dia pleno de Sol.
Bjinho

Beth Cruz disse...

A comoção tomou conta da internet,
e cada um de uma maneira singular deixou sua marca nesse dia.
Acho imprescíndivel esse tipo de atitude.
Parabéns pela sua participação.
Beijo

São disse...

Estamos juntas, minha querida...e parabéns pela imagem: uma maravilha!
Bem hajas!

Betty disse...

Isabel
Agradeço pela visita e também gostei do seu blog.
Espero, de todo o coração, que a justiça decida em favor da Flavia, embora saiba que nada será suficiente pelo que lhe tanto que lhe foi tirado.
Beijinho

Peter Pan disse...

Sabe, linda Amiga:
Vale ouro. A sua terna e doce personalidade imensa e a sua sensibilidade linda versejada vale o Mundo porque entende e acarinha mundos. Faascinates. Sofridos. Injustos.
Vale tanto, tanto, tanto.
Vale imenso. Quanta ternura jorra da sua pura e linda sensibilidade poética solidária e terna.
É lindaaaaaaaaa, sabia?
Adorei!
Bj puros que me fazem empedrenir de pasmo e encanto.

p.pan

poetaeusou . . . disse...

*
sem palavras,
e,
muito revoltado,
fico . . .
,
conchinhas
,
*

SILÊNCIO CULPADO disse...

Isabel
Uma imagem de grande beleza enquadrada por um belissímo poema.
Parabéns pelo post magnífico.

Todos por Flávia.

Abraço