quarta-feira, maio 14, 2008

"Walking to Paradise" ...

O amor deve considerar-se como um grande poema, cujo primeiro canto é o casamento
Severo Catalina

15 comentários:

anamarta disse...

Bom dia Isabel
Linda imagem como sempre! Dá vontade de casar outra vez! eheheh...
beijinhos

Paula Raposo disse...

Uma imagem muito bonita. Concordo que o amor é um grande poema, agora que o 1º canto seja o casamento!! Essa aí já não concordo...mesmo nadinha. Beijinhos.

O Guardião disse...

O amor a caminho do céu - o 1º canto - os degraus sempre difíceis de vencer, e esperemos que sejam felizes para sempre, como estas imagens que sempre nos deliciam.
Cumps

margusta disse...

Querida Isabel,
...passei para me deliciar com a tua arte e deixar-te um grande beijinho!

wind disse...

Belíssimo trabaho! Parabéns!;)
Beijos

DelfimPeixoto disse...

O Amor é um grande Poema sim mas o Casamento... enm sempre....
bj

Amaral disse...

Isabel
Gostei da imagem, quanto à frase já a acho um tanto ou quanto discutível.
Bjo

Auréola Branca disse...

Sonho com esse amor realizado.
Sonho com essa infinito de felicidade...
Mas, será sonhos tão somente?

peciscas disse...

Ora bem, a partir de mais um bonito trabalho, está instalado o debate.
Será que o casamento é mesmo o primeiro canto do amor?
Como vês, há quem diga que sim, que não ou ponha dúvidas.
Cá para mim, e cada vez mais, o casamento pode nem sequer ser o primeiro canto do amor. Pode ser o quinto ou o décimo, se o poema lá chegar.
E talvez até seja conveniente que o casamento não seja considerado como o primeiro canto do amor, porque. se não corre-se o risco de, depois, a música desafinar.
Mas eu entendo a frase desta forma: muitas vezes, o casamento, é só o princípio de algo que se vai construindo depois, no dia a dia de uma vida. Isto, se as coisas derem mais ou menos certo. E isto era mais válido nas gerações do meu tempo. Como disse, actualmente, há toda um espaço de convivência e de aproximação entre os jovens que faz com que o casamento (quando chega a efectivar-se) já é um passo muito avançado do amor.
Digo eu...

peciscas disse...

Isto, para além de haver várias formas de amor, muitas delas nem sequer tendo em vista o casamento ou mesmo o acasalamento (passe o termo mais plebeu...)

Odele Souza disse...

Isabel,
Nenhuma dúvida sobre a beleza da imagem que como sempre tem a tua mão poderosa.
Sobre o casamento, este sim, coloco a frase em dúvida.

Beijinhos.

Maria Clarinda disse...

Cada vez me delicio mais com o teu trabalho!!!!
Jinhos no teu coração

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Isabel, espectacular imagem !
Beijos

Isabel-F. disse...

Agradeço a participação de cada em de vós.

bjs

Maria Augusta disse...

Que linda imagem, você é otimista, alguns dizem que o casamento é o último canto do amor (rs). Pessoalmente acho que o casamento é o passo para um amor mais realista.
Beijos.