quarta-feira, janeiro 02, 2008

Em defesa da liberdade de cada um ...

(Autoria da Imagem de aDesenhar)

______ este é um Blog Misto ______

______ cabem aqui Fumadores e Não Fumadores ______


Beijinhos e,

tenham um Bom Dia,

Isabel

Mário Relvas disse...
Olá Isabel.

obrigado por este ser um blog misto...

« COMPARAÇÃO INJUSTA?!

A nova Lei do tabaco entrou em vigor no primeiro dia do ano. Sou fumador, mas, estou de acordo que se lute contra este mal, outrora publicitado em tudo quanto é sítio. Dizem-me que um maço de tabaco custa pouco mais de 40 cêntimos, o resto parece ser sustento do estado, via imposto. Tempos houve, em que este, oferecia tabaco -maços de cigarro- aos nossos militares, presentes nas diversas frentes de guerra, estimulando-os ao consumo.

Recordo que em Moçambique, na altura -Portugal, havia uma publicidade que dizia o seguinte:MC - o cigarro do desportista!

Sendo a favor de restrições ao consumo do tabaco, no entanto, questiono a lei. Multas pesadas a quem for apanhado a fumar onde é proíbido -veremos a capacidade de controlo por parte de quem?! As polícias têm tanto que fazer...Certo, estou de acordo com as restrições, mas, sejamos verdadeiros, conscientes e objectivos.

Peço-vos que tentem marcar uma consulta antitabágica no Serviço Nacional de Saúde... Onde existem, a lista de espera é de largos meses!Como tal, chegamos facilmente à conclusão que o estado trata melhor os drogados ilegais, que os drogaditos legais. Os papalvos que compraram sempre os macitos de tabaco, pagando o pesado imposto ao estado, perdem para os segundos, porque não têm drogas de substituição, nem kits de seringas oferecidos. E os presos virão fumar para o exterior da cadeia? Ou irão ter locais específicos para fumarem, e, só ali, com extractores específicos como a lei prevê?Esta injusta comparação faz-me rir.»

bjs
Janeiro 02, 2008 4:24 PM

78 comentários:

Amaral disse...

Isabel
Penso que as leis existem ao sabor dos interesses. Não se trata da lei em si, porque até é para o bem (=saúde) das pessoas.
Trata-se dessa ténue barreira dde saber onde acabam os direitos de uns e começam os direitos de outros.
E os fumadores se quiserem fumar? A saúde é deles, o dinheiro também...
Não é fácil

Paula Raposo disse...

E eu sou uma fumadora que já foi não fumadora. Não entro é em radicalismos...beijinhos.

Miguel disse...

Mais uma perola de Adesenhar ...!

Estou tentado a "roubar-te" essa imagem ...!

Bjks da M&M & Cª!

Isabel-F. disse...

Amaral,

é isso mesmo ...


bjs

Isabel-F. disse...

Paula,

Eu tb sou contra radicalismos ...


bjs

Isabel-F. disse...

Miguel,

É trabalho formidável ...


bjs


p.s.: enviei-te um mail

Odele Souza disse...

Isabel,
Que bom ver aqui em teu blog este trabalho de Adesenhar. Quanto aos fumantes, acho que devemos respeitar a liberdade e o direito de cada um.

Um abraço.

wind disse...

Sou fumadora e não abdico do meu direito de o fazer, por isso sou contra radicalismos.
Beijos

Isabel-F. disse...

Odele,

é isso aí mesmo: o direito e a liberdade de cada um...

beijinhos

Isabel-F. disse...

Wind,

Pois já somos 3 , nos comentários de hoje...


beijinhos

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Isabel,não fumo mas respeito quem o faz.
Quanto à imagem está espectacular!
Muito obrigado pelas tuas palavras
sobre as minhas fotos.
Beijos

Puzz disse...

concordo:

Que se respeitem as liberdades.

.. mas que se respeite também a liberdade dos não fumadores!

Isabel-F. disse...

chana,

Gostei muito das fotos e nada tens a agradecer ...


esta imagem não é minha, mas de Adesenhar ... o link está junto à imagem ...


bjs

Isabel-F. disse...

olá puzz,


viva e bem vindo aqui ao meu sitio ...

volta é sempre ...


é isso mesmo aí: há que respeitar a liberdade de TODOS.

bj

guiga disse...

Liberdade desde que não prejudique a saúde das restantes pessoas. Desculpa, mas nisto discordo contigo. Querem fumar, que fumem na rua.
FELIZ 2008!!! *.*

Isabel-F. disse...

Olá guiga,

pois a liberdade é precisamente isso: cada um poder ter a sua opinião.

bjs

tibeu disse...

He he he he foi um dos bons post que vi até hoje. Parabens pelo trabalho. Bom Ano com pas e muita saúde. bj

Isabel-F. disse...

Viva tibeu,

Bem vindo e obrigada pelas tuas palavras ...
volta sempre que queiras.
bom ano tb para ti


bjs

Mário Relvas disse...

Olá Isabel.

obrigado por este ser um blog misto...

« COMPARAÇÃO INJUSTA?!



A nova Lei do tabaco entrou em vigor no primeiro dia do ano. Sou fumador, mas, estou de acordo que se lute contra este mal, outrora publicitado em tudo quanto é sítio. Dizem-me que um maço de tabaco custa pouco mais de 40 cêntimos, o resto parece ser sustento do estado, via imposto. Tempos houve, em que este, oferecia tabaco -maços de cigarro- aos nossos militares, presentes nas diversas frentes de guerra, estimulando-os ao consumo.
Recordo que em Moçambique, na altura -Portugal, havia uma publicidade que dizia o seguinte:
MC - o cigarro do desportista!
Sendo a favor de restrições ao consumo do tabaco, no entanto, questiono a lei. Multas pesadas a quem for apanhado a fumar onde é proíbido -veremos a capacidade de controlo por parte de quem?! As polícias têm tanto que fazer...
Certo, estou de acordo com as restrições, mas, sejamos verdadeiros, conscientes e objectivos. Peço-vos que tentem marcar uma consulta antitabágica no Serviço Nacional de Saúde... Onde existem, a lista de espera é de largos meses!
Como tal, chegamos facilmente à conclusão que o estado trata melhor os drogados ilegais, que os drogaditos legais. Os papalvos que compraram sempre os macitos de tabaco, pagando o pesado imposto ao estado, perdem para os segundos, porque não têm drogas de substituição, nem kits de seringas oferecidos. E os presos virão fumar para o exterior da cadeia? Ou irão ter locais específicos para fumarem, e, só ali, com extractores específicos como a lei prevê?
Esta injusta comparação faz-me rir.»
In Aromas de Portugal

bjs

Isabel-F. disse...

Olá Mário,

Obrigada pela tua presença e precioso contributo ...

a devido tempo passarei o teu comentário para o corpo do post.

beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

Isabel
Bom Ano de 2008 com muitos sucessos e tudo o mais que desejares.
Relativamente ao teu post é bastante sugestivo e eu subscrevo o que diz o Amaral e com o qual também concordastes.
Isabel, claro que eu preciso de ti para desenvolvimento do tema "igualdade de oportunidades". O mundo constrói-se com a sensiblidade das pessoas que acreditam nele. E acreditar no mundo é acreditar na justiça social.
No desenvolvimento do tema e após o enquadramento teórico e genérico, com base em pesquisas, venho bater à tua porta,tá?
Um beijinho grande e tudo bom para ti.

peciscas disse...

O assunto náo é fácil de abordar, pois mexe com muitas coisas.Designadamente com interesses estabelecidos, ao nível das multinacionais e do próprio Estado.
Nesta e em muitas outras questões, sou, por princípio,respeitador dos direitos dos outros.
Mas também quero que repeitem os meus, como é óbvio.
Mas, nisto do tabaco, pesa sobre mim, a circunstância de ter sido (ou ainda ser,...)um fumador inveterado, que não fuma há 25 anos. Sei, por experiência própria, o alívio que ainda hoje sinto por ter conseguido abandonar o vício.
É bom viver sem tabaco, podem crer.
E a gente pode arranjar mil e uma justificações para continuar a fumar. Mas é um erro e ninguém consegue provar o contrário.
O meu pai,que fumou durante anos cerca de dois maços por dia, morreu com cancro de pulmão. E posso assegurar-vos que, o processo de degradação física que sofreu e a que eu assisti durante 8longos e penosos meses dá cabo de quaiquer justificações que um fumador tenha para defender a continuidade do vício.
Foi depois de ver o que se passou com o meu pai, que o alarme soou cá dentro...
E digo-vos, que abandonar o tabaco, é difícil, mas é muito menos complicado do que se imagina.
Conheço n exemplos que atestam isto.
Esta arenga toda vem a propósito de eu achar que, muito embora não considere os fumadores como uma raça indesejável e que deva ser proscrita (aliás, infelizmente, cá em casa há um fumador, que até foi educado na ideia de nunca cair nessa armadilha), acho que todos os mecanismos que se criarem para "cercar" os fumadores, ou seja, que contribuam para que, cada vez mais o hábito de fumar seja socialmente desvalorizado, são bem-vindos.
E penso isto, e não estou a ser demagógico, fundamentalmente por amizade.
Tenho muita gente amiga (e como disse, até de família) que eu adoraria ver livre do tabaco.
Pois sei que, por muito que alguns digam o contrário, também gostariam de se libertarem, conforme eu consegui.
Aqui fica a minha compreeensão e a minha solidariedade perante os fumadores mas, igualmente, o meu apoio a todas as leis que restrinjam a propaganda e o consumo do tabaco.

Isabel-F. disse...

Olá Silêncio,

obrigada pelo comentário ...

quanto ao outro assunto ...
estás à vontade

beijinhos

Isabel-F. disse...

Peciscas,

Estou absolutamente de acordo contigo ...

mas também estou com o que diz o Mário Relvas ...

os fumadores não deviam ser tratados como criminosos ...

quem legisla deve ser congruente ... qual a lógica desta lei do tabaco e haver drogas nas prisões??? afinal o que mata mais ??? se calhar as duas coisas ...

beijinhos

Zé do Cão disse...

Dnª Isabel-f
Vim meter o meu rabinho de olho no seu blog e fiquei extasiado. Que coisas belas ele tem. Passo a beber aos pouquinhos para sentir bem o gosto da sua arte.
Sobre o tabaco, digam-me as lérias que quiserem, direitos e deveres. Tenho idade de criar bicho, (felizmente não os tenho) não sei o gosto que o tabaco tem, mas sei que recentemente perdi o meu melhor amigo (ele dizia o mesmo de mim)com
sofrimento horrivel por causa do tabaco. Assisti, ano após ano ao seu sofrimento e da sua família.
Quando ao cumprimento da lei, o Chefe máximo da fiscalização, foi apanhado no Casino a fumar depois de já estar em vigor a lei.
Mas não tem mal, foi concerteza má
interpretação da lei. Se fosse um cidadão comum.......... nem digo tenho vergonha.

Bj.2008 feliz

Beezzblogger disse...

Bem, antes de mais, parabéns pela liberdade, e em segundo lugar eu tb sou fumador infelizmente. Mas entendo que se deve respeitar o próximo, aliás eu tento fazê-lo mesmo antes da lei existir, por exemplo:
- É impensável, eu estar a puxar de um cigarro, num restaurante, quando ao lado há crianças e não fumadores, a quem o fumo prejudica 2 vezes mais.
Ora tinha uma solução, vinha, como fui, fumar para a rua sem mais rodeios, e este é o respeito.

Mas concordo linearmente com o que o amigo Mário diz no seu Post.

Beijos do Beezz

ecos ... disse...

... eu fumo Isabel Filipe
por prazer ...
a solidão do fumo de uma cigarrada
... sempre a procurei
por isso, não me irritam os falsos profetas da saúde alheia
... preocupa-me sim, o bem-estar de quem tem direito a um ambiente puro

Maria Clarinda disse...

Gostei do teu post...gosto da liberdade.
Por isso apesar de não fumadora , é bom acima de tudo estar junto de todos...Jhs mil

Camilo disse...

NUNCA UMA DITADURA...
PROIBIU TANTO!!!

Camilo disse...

Ontem, no "CM", Li um artigo intitulado:
"FACHOS E BUBOS, Lda."
Termina assim:
«Os novos fascistas estão na mesma linha do criminoso nazi.
É por isso que, do fundo do coração,desejo a todos os fundamentalistas, bufos e companhia
QUE MORRAM SAUDÁVEIS, CHEIOS DE SAÚDE".

Isabel-F. disse...

Olá Zé do cão,

Viva e bem vindo aqui ao meu sitio. Obrigada pela visita e pelo teu comentário. Espero ver-te por aqui mais vezes ...

quanto ao tabaco ... TODOS sabemos que faz mal à saúde ... rsss...


beijinhos

Isabel-F. disse...

Querido Beez,

Não conheço nenhuma pessoa educada, que seja fumadora ... e que não tenha a atitude que tu tens ... todos a têm ... muito antes de existir a lei do tabaco ...

o que está aqui em causa é rotularem os fumadores como "não educados" e desconhecedores dos direitos dos outros ...

beijinhos

Isabel-F. disse...

ecos,

"... por isso, não me irritam os falsos profetas da saúde alheia
... preocupa-me sim, o bem-estar de quem tem direito a um ambiente puro
"

eu também ... e gostei dessa dos falsos profetas ... alguns são sim ... embora há quem o diga com sinceridade ...


beijinhos

Isabel-F. disse...

maria clarinda,

"Por isso apesar de não fumadora , é bom acima de tudo estar junto de todos...Jhs mil"

de ti outra posição não poderia haver ...


beijinhos

Isabel-F. disse...

camilo,

será que estamos numa ditadura e ainda há quem não se tenha apercebido???

rssss...

obrigada pelo teu comentário.

beijinhos

Baby disse...

Olá Isabel, felicidades para 2008!
Mas os fumadores podem sempre fumar...na casa deles, na rua, nas esplanadas, nos espaços devidamente autorizados, portanto não é uma lei radical, apenas se lhes pede que respeitem os não fumadores.
Beijinhos.

Isabel-F. disse...

Claro Baby,


ninguém está aqui a dizer o contrário ...

bjs

Mário Relvas disse...

Olá Isabel,

colocaste o meu comentário no post?

Humildemente agradeço. Para que não fiquem dúvidas, eu sou contra o maldito vício, mas foi-nos incutido e agora fogem à responsabilidade.

Sou educado e pergunto sempre se posso fumar, mesmo que no local haja alguém a fumar e se houver crianças não fumo na presença delas.Em casa só fumo no exterior.

Se repararem bem, a publicidade na noite de fim de ano nas televisões portuguesas, foi a "rapidinha" e outras bebidas alcoólicas, um dos flagelos maiores da sociedade portuguesa.

Continuação de bom ano

Zé Povinho disse...

Vim cá ler o artigo, porque também falei sobre esta lei. Não sou particularmente atingido por ser fumador, porque há muito estou habituado a não fumar em restaurantes ou dentro de casa, mas irrita-me que se estigmatize quem tem o azar de fumar, tratando-o como um malfeitor. Faz mal à saúde, todos sabemos, mas será que vamos perseguir tudo o que faz mal à saude com a mesma sanha justiceira? Os popós, as discotecas muitos decibéis acima do permitido pela lei, as bebidas alcoólicas, etc.?
Obrigado pela chamada de atenção para este post.
Abraço do Zé

Isabel-F. disse...

Oi Mário,

Só uma pessoa basicamente malcriada parte do princípio que uma pessoa que é fumadora é à partida uma pessoa que não sabe o que é educação ou o direito dos outros ...

beijinhos

Isabel-F. disse...

Oi Zé ...

aí é que está, o problema principal é precisamente o que dizes:
"Faz mal à saúde, todos sabemos, mas será que vamos perseguir tudo o que faz mal à saude com a mesma sanha justiceira? Os popós, as discotecas muitos decibéis acima do permitido pela lei, as bebidas alcoólicas, etc.?
"

beijinhos e obrigada pela visita

aDesenhar disse...

Isabel
Com a minha imagem pelo meio (*.*)

está aberto um debate interessante sobre
a nova Lei do tabaco.
Uma lei “equivoca” com condimentos para todos os gostos!
Fundamentalismo higienista.
Descriminação
Autoritarismo
Incompetência,
Hipocrisia...
...
e a Liberdade!
As pessoas têm o direito a escolher o seu estilo de vida!
É preocupante o fundamentalismo que em certas matérias gradualmente se apossa da nossa civilização.
Quer queiram quer não, estamos perante uma Ditadura
travestida de Democracia.
Na ditadura do Estado Novo, os opositores ao regime passaram à clandestinidade!
Será que os fumadores também vão pelo mesmo caminho(?!)

Haja bom senso.
:)

Águas da Vida disse...

Os governos ocidentais até pouco tempo divulgavam o uso do cigarro por saberem que ganhavam milhoes e milhoes com os fumantes, mesmo sabendo que estavam jogando com a saude dos consumidores, hoje nao é mais assim, descobriram que a saude publica gasta o dobro para curar pessoas vitimas do cigarro, es a razao pela campanha contra o fumo em todo mundo.

Querida Isabel desculpe a ausencia mas estou de volta.
Big Kiss

Isabel-F. disse...

Adesenhar,

"...
Quer queiram quer não, estamos perante uma Ditadura
travestida de Democracia.
Na ditadura do Estado Novo, os opositores ao regime passaram à clandestinidade!
Será que os fumadores também vão pelo mesmo caminho(?!)

"

tens toda a razão e subscrevo as tuas palavras ...

beijinhos e obrigada pela contribuição

Isabel-F. disse...

Amanda,


que bom que estás de volta ...

obrigada pela visita e comentário.


bjs

Armando S. Sousa disse...

Desejo-te um excelente ano de 2008.

Sobre a lei anti-tabaco, sou fumador há 25 anos, acho que é uma excelente lei.
Não me sinto prejudicado na minha liberdade com esta lei, provavelmente tinha liberdade a mais com as leis anteriores.
O resto são tretas.

Isabel-F. disse...

Armando,

Obrigada pelos teus votos ...

e ... acredita que a nova lei do tabaco também não me prejudica em nada ...

bjs

Armando S. Sousa disse...

"Multas pesadas a quem for apanhado a fumar onde é proibido -veremos a capacidade de controlo por parte de quem?!"

Mário Relvas, num país com um povo civilizado, não é preciso passar multas, pois os cidadãos demonstrarão civismo e acatarão de bom grado, neste caso, uma lei justa. As multas são uma atitude dissuasora, para alguns anárquicos que sempre houve.

Cristina disse...

Olá Isabel,
Não sabia que também já tinha aí chegado essa lei...Aqui já existe à anos não se poder fumar em restaurantes e à uns 3 anos saiu uma nova lei que não se pode fumar em qualquer local público seja ele fechado...

Eu também fumadora custou-me, mas aceitei a lei e o porque de a fazerem...Porque é que eu fumadora devo estar a prejudicar a saúde de uma pessoa que não fuma? Aí cabe-me a mim de sair e ir fumar para a rua para só me prejudicar a mim própria...

Adorei a imagem do adesenhar

beijinhus

Isabel-F. disse...

Cristina,

Eu sei ... há imensos anos que a lei existe aí ...


mas aí ... preocupam-se comos direitos dos cidadãos .... TODOS os direitos ... o que aqui não acontece ... aí tens saúde ... aí não precisas de ir ter os teus filhos no país vizinho ... etc ...

e aqui ... preocupam-se em gozar o zé povinho ... conforme lhes apetece ....

beijinhos

Mocho-Real disse...

Agradeço que possa fumar e aproveito para comentar o destaque dado ao Mário Relvas: concordo com tudo o que diz e só me atrevo a fazer daqui uma sugestão ao Govern. Proíbam mesmo o tabaco, ilegalizem-no, e veremos se não vão ser os não-fumadores aterem que suportar novos impostos poara suprir a falta que os pagos pelos fumadores irão fazer!

Sempre adorava ver, palavrinha!

Sou fumador desde que fumar era socialmente correcto. Fui viciado no tabaco pelos pais destes senhores ministros que fumavam também!
Os artistas de cinema, as figuras da TV, os senhores ministros, eles próprios me viciaram.
Agora, provavelmente, estarão a viciar-nos em outra droga qualquer de que ainda nem nos apercebemos.

Sou o pro«imeiro, sem lei anti proibiticva, a não fumar nos restaurantes. Há muito quee o pratico de motu próprio.
Sou contra o facto de que quem não fuma seja obrigado a inalar os vapores dos outros, em recintos pequenos, sem arejamento.
Num grande Centro Comercial, sinceramente, nunca me cheirou a tabaco no ar.

Com esta lei ridícula, castradora, prepotente, não se defende apemnas quem não fuma, condena-se quem o faz!
Não sou um leproso, meus senhores!

Sou pr«ofessor e tenho uma profissão de desgaste que os senhores nem sonham!
Veja-se o lindo espectáculo que iremos dar, nós os proscritos , fumando aoportão das escolas perante o gáudio dos miúdos!
Atente-se nesse ridículo!

Um abraço.

Isabel-F. disse...

Oi J. Mocho,

Estou absolutamente de acordo contigo e subscrevo todas as tuas palavras e...

acho genial a sugestãoq ue fazes ao gov.:
"....
Proíbam mesmo o tabaco, ilegalizem-no, e veremos se não vão ser os não-fumadores aterem que suportar novos impostos poara suprir a falta que os pagos pelos fumadores irão fazer!

Sempre adorava ver, palavrinha!
"

beijinhos e obrigada pela contribuição

Pena disse...

Olhe, amiga, infelizmente fumo porque necessito de por as ideias no lugar e ajuda-me a pensar. Só isso.
Num mundo tão controverso, estereotipado e exigente dos dias de hoje haveria tanto a fazer.
Falo de pessoas desencantadas, sofredoras emocionalmente, presos em cadeias a abarrotar, a crise económica e de valores que vemos desfilar aos nossos olhos perante o olhar injusto dos que nos governam, comodamente sentados nas confortáveis e acolhedoras cadeiras do poder, descansados e com um salário certo ditando leis. Alguns são fumadores também. Que irão fazer? fico expectante. Pasmo com esta Lei. Se o acto de fumar já por si faz mal, mas assumido pelos fumadores que respeitam quem não fuma, que dirão das atrocidades enormes cometidas no Iraque, nos mortos assassinados lá que são pessoas que em toda a altura divulgam na TV com incredulidade indiferença, dos sem-abrigo, dos presos que roubam e matam para sobreviverem, dos desencatados de todas as espécies que vivem precariamente, dos povos africanos vítimas de uma guerra que ainda não entendi, da salvaguarda dos Direitos Humanos constantemente ignorados ou o auxilio aos drogados que aumentam cada vez mais e que necessitam de urgente acompanhamento?
Olhe, não sei, mas penso que tudo se resolveria afagando e compreendendo melhor os males que vão no mundo, ou não?
Posso estar equivocado, mas sempre respeitei quem não fuma com admiração. Que sorte! - Sempre pensei.
A minha reflexão não pararia aqui, mas creio que esta lei, como penso que pactua comigo, é descabida.
As pessoas educadas fumam em sítios adequados sem incomodar ninguém.
Penso que dar a todas as pessoas sofredoras melhor qualidade de vida enalteceria a solidariedade e o encanto em alguns Seres Humanos que são pessoas e que sorririam de novo. Resolveriam os seus problemas e agarrariam a vida com ternura, dedicação e amor.
Gostava tanto de assistir.
O relato já vai longo, desculpe-me.
A reflexão é profunda.
Parabéns!
Abraço grandioso de amizade e estima
Sempre a lê-la se mo permitir.
Com grandiosa estima

pena

Nos lugares do poder o fumo acabará?
Fico a aguardar.

Isabel-F. disse...

Amigo Pena,

Foi com prazer que li o te comentário, com o qual concordo em pleno.

A mim tb me pasma esta lei.

Obrigada pela visita e pelo teu contributo.
Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
uma experiencia pessoal,
há muitoooooooooooos anos,
não me permite ter opinião,
passo á experiencia,
com 16 anos, o meu pai disse-me,
zé . . .
estás autorizado a fumar,
o fumar dá estilo ao homem,
,
não sei se tenho estilo,
só sei que nunca fumei,
como não era fruto proibido . . .
,
se os amigos fumam ? quase todos,
como faço ?
vou há marginal, digo olá
ao meu amigo mar,
e,
dou duas ou tres passas de maresia,
e venho com uma overdose de oxigénio . . .
,
conchinhas nazarenas
*

Isabel-F. disse...

poetaeusou,

felicito-te ...

e ...

o teu comentário em poema está lindo ...


obrigada e bjs

Maria disse...

Olá Isabel,
Obrigada por no teu cantinho se poder tb fumar :-)

Beijinho de Bom Ano Novo!

Odele Souza disse...

Isabel!!
Que assunto mais mais polêmico este do tabaco. As opiniões são variadas, mas acho que a discussão é saudável.

Um abraço.

Isabel-F. disse...

Maria,


beijinhos para ti

Isabel-F. disse...

Odele,

Acho que as discussões são saudáveis ...

e este assunto aqui em Portugal tem nuances que não têm nada a ver com o que se passa nos outros países...

beijinhos

Águas da Vida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Águas da Vida disse...

Passadinha para ti desejar um excelente final de semana.
Big Kiss

Alexandre disse...

Como às vezes sou do contra pensei em começar a fumar no dia 1 de janeiro ao contrário de amigos e amigas que «deixaram» de fumar precisamente nesse dia. Mas depois lembrei-me que ninguém no mundo quererá saber se fumo ou não e então adiei a experiência para o dia de são nunca!!!!

Muitos beijinhos, Isabel! E obrigado pela tua imparcialidade!!!!

Isabel-F. disse...

Bom dia Amanda,

Beijinhos

Papoila disse...

Pois faz um ano dia 10 de Janeiro que me deixei disso. Agora virei um pouco fundamentalista...
Anti até ao cheiro do fumo na via pública.... (impossivel de aturar assim)

Beijinhos e Bom Ano para ti Isabel
BF

Isabel-F. disse...

ALexandre,

rsss... fizeste bem ...

eu vou tentando no meu dia a dia ser sempre imparcial ...

obrigada pelas tuas palavras.


beijinhos

Isabel-F. disse...

Papoila,

com que então fundamentalista ...

rsss...



bjs

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Até 27 Abril 1999 fui fumador.

Em boa hora - e com grandes dificukldades e a ajuda das "Nicorettes" - deixei o vício.

Cometi, porém, um erro tremendo. Fi-lo sem acompanhamento médico. Ia-me tramando.

Sou, pois, completamente a favor de que se acabe com o fumo. Mas sou ainda mais contra os fundamentalismos que por aí há.

Quando se nota - a olhos vistos e em acelerado - que as pessoas estão a deixar de fumar por si sós, não havia mesmo nexexidade...

Mas estes senhores são mesmo assim. Não há nada a fazer. Isto qualquer dia é como a "lei seca" americana, que deu no que deu...

Beijinhos

Ruben

Lumife disse...

Regressando ao convívio dos amigos e desejando tudo de bom em 2008.


Beijos

C Valente disse...

Não sou fumador, pois há muito que deixei o tabaco, mas acho esta lei injusta e hepocrita, quem mais ganha com o negocio é o estado com a Tabaqueira e depois arma-se em muralista fundamentalista, e eu tenho receio dos fundamentalistas
Bom ano 2008, e que tudo corra á medida do seu desejo
Saudações amigas

Marco Ferreira disse...

Tudo o que é radical é mau. Liberdade de escolha é um direito.

marinheiroaguadoce a navegar

Boss disse...

Olá Isabel,

Queria aqui dizer que este texto do Mário saiu ontem dia 5 de Janeiro no JN.

Abraço

Isabel-F. disse...

Ruben,

Tens toda a razão e concordo contigo:

"

Quando se nota - a olhos vistos e em acelerado - que as pessoas estão a deixar de fumar por si sós, não havia mesmo nexexidade...

Mas estes senhores são mesmo assim. Não há nada a fazer. Isto qualquer dia é como a "lei seca" americana, que deu no que deu...
"

mas há quem não queira ver o que realmente está por trás desta atitude ...


bjs

Isabel-F. disse...

Lumife,


bom te ver por aqui.

bjs

Isabel-F. disse...

C Valente,

é a minha opinião também:

"...
mas acho esta lei injusta e hepocrita, quem mais ganha com o negocio é o estado com a Tabaqueira e depois arma-se em muralista fundamentalista, e eu tenho receio dos fundamentalistas
"

bjs

Isabel-F. disse...

Marco,

claro que é ...


bjs

Isabel-F. disse...

boss,

obrigada pela info.

e tens o link para a notícia? é que não a encontro ...


bjs

Mário disse...

Olá Isabel,

o amigo boss queria dizer que saiu na página do leitor e não há link, só no jornal.

Mas confirmo e digo-te que o aromas já está lá no seu canto, mas irá apenas continuar a falar do autismo -apenas!

O Autismo existe!!

bjs e bom Domingo!