quinta-feira, outubro 11, 2007

Por que sou mulher ...


Muito bom ser mulher!


Sou mulher por isso posso chorar quando a emoção pedir; posso ser sensível e também vaidosa. Posso ter, no sexo, a volúpia que quiser mostrar. Posso ter todos os “xiliques” que quero ou forem necessários. Posso ser intuitiva e arriscar sempre. Posso mudar de penteado, de estilo de roupa. Posso fazer todas as manobras possíveis no trânsito. Não troco pneus de carro e não conserto nada.

Juro que não vou falar de modo enaltecedor, em poder gerar no ventre um ser e dar a luz a ele. Isso é conversa para poetas. Vou dizer que sim, é uma experiência maravilhosa, mas aplaudo as palavras da Madona após o nascimento de sua primeira filha: “A natureza fez uma terrível sacanagem com as mulheres!”.

Posso educar filhos homens para serem sensíveis, e filhas mulheres, prontas para enfrentar o mundo. E para todos os filhos, também posso indicar o caminho da ética, da bondade, do amor.

Também posso assistir novelas, chorar com histórias tristes e discutir economia, ser racional e romântica ao mesmo tempo. Posso gostar de futebol e de fazer tricô. Posso sim, entender e gostar de política e de fofocas e papo furado e fútil, com as amigas. Posso ser misteriosa, é sugestivo. Posso ser mística. Posso ler horóscopos. Posso ler todas as revistas, femininas, masculinas, de negócios e de atualidades.

Ser mulher é ter perseverança, dedicação, lutar com garra e fazer o que for preciso pelo que quer. É perceber o momento certo, necessário, para usar manhas e artimanhas, ser frágil e dengosa. É saber receber amor, saber acreditar nele, e conseguir não ficar pedindo confirmação desse amor (será mesmo?).

Quer saber? Cansei de escrever porque se continuar, preencherei páginas e páginas ...

Texto da Hilda, do Blog Casa da Sogra , a quem dedico este Post.

Beijinhos,

Isabel

50 comentários:

Entre linhas... disse...

Pois ser mulher é conter o mundo nas palmas da mão,é dar sempre o nosso melhor.
Bjs Zita

Lumife disse...

Um retrato incompleto mas real da Mulher. Gostei!

Já vi que estás a aumentar o teu campo de trabalho, depois do atelier agora as traduções.

Felicidades


Beijos

J.G. disse...

Ser mulher é tudo isso, mas ser homem também.
Porquê essa separação? O homem não pode chorar quando lhe apetecer? Não pode ter "chilique"?
Tem que ser ele a mudar o pneu, se não tiver jeito nenhum?
Mulher ainda é aquele ser frágil quando convém?

Não posso estar de acordo. Que me desculpe a Hilda do texto.

Um abraço.

Isabel-F. disse...

Zita,

é isso sim ...


bjs

Isabel-F. disse...

Lumife,

... sem dúvida ... incompleto, mas real ...

beijinhos e obrigada



p.s.: enviei-te um mail

Isabel-F. disse...

Oi Jorge,

Dou-te razão claro ...

no entanto ... acredita que este retrato é real ...

beijinhos

JOSÉ PINHEIRO disse...

GOSTEI DO SEU BLOG ,SOU DE MOÇAMBIQUE E COLOQUEI NOS MEUS ELEITOS.http://oviseu.blogspot.com/

Eduardo P.L. disse...

Gostei de saber porque as mulheres gostam de serem mulheres!

Bjs

Isabel-F. disse...

Viva José Pinheiro,

Bem vindo ao meu sítio.
Obrigada pela visita e pelas palavras deixadas.

Espero ver-te por aqui mais vezes ...

a casa é tua.

beijinhos

Isabel-F. disse...

Eduardo,

rsss.... ora bem ...
é isso mesmo ...

beijinhos

kurika disse...

Isabel...já tinha saudades da tua casa!

Que texto espectacular...orgulho-me muito das coisas aí ditas...

Ser mulher é mesmo assim...

...hoje tenho uma flor para ti...

Beijinho

Isabel-F. disse...

Ana Kurika,

Há tanto tempo ... bom te ver ... e ainda bem que gostaste

beijinhos

Belzebu disse...

E não será por terem a capacidade de ser tudo isso e muito mais, que na maioria das vezes se tornam em grandes mulheres? Ainda assim, a fragilidade que gostam de mostrar em certas situações, nem sempre lhes fica bem!

Aquele abraço infernal!

Isabel-F. disse...

Belzebu ...

deves querer referir-te a pieguice ... não???

isso realmente não fica bem a ninguém...


beijinhos

Amaral disse...

É verdade. Muita coisa haveria ainda a acrescentar!
Mas o texto está muito bom, muito agradável e, sobretudo, muito rico. Ser mulher deve ser, particularmente, maravilhoso!
Por tudo isto que aqui lemos e por muito mais que ficou por dizer...
A tua imagem... também diz: "Muito bom ser mulher!"

Isabel-F. disse...

Amaral,

Sem dúvida ... sem dúvida que ser mulher é maravilhoso ...


beijinhos e obrigada

Amaral disse...

Isabel
Acho que fez mal em parar de escrever. Nós, cá estaríamos para ler páginas e páginas.
Um viva às mulheres (nem toda, vá lá...)
Bjinho

Isabel-F. disse...

Amaral...

rsss... não fui eu que parei de escrever ... foi a minha amiga Hilda.

beijinhos e obrigada

Hilda disse...

Isabel, o texto criou mais vida aqui no teu blog! Obrigada por publicá-lo e me dedicar o post.

E como somos mulheres, posso dizer que te amo de amiga, posso te mandar beijos carinhosos, posso te chamar de linda, posso afirmar que tem um lugar no meu peito... Posso fazer todas essas declarações de amor.

Aqui para o Amaral, resumo dizendo que ser mulher é ser fantasia e realidade, doçura e acidez, choro e riso... tudo isso num mesmo dia, e até talvez num mesmo minuto.

Beijocas Isabel

Marco Ferreira disse...

Ser mulher é assim mesmo ... ainda bem que sou homem.

Somos simples e directos. Nada de complicações.

marinheiroaguadoce a navegar

Isabel-F. disse...

Querida Hilda,

Tenho orgulho em ser tua amiga e ter a tua amizade.

Obrigada por tudo ...

beijinhos

Isabel-F. disse...

Marco,

claro ...
os homens são mesmo assim ...

terra a terra ...

as mulheres são uma complicação

beijinhos

Eva Shanti disse...

Querida Isabel,

Discordo de muito do que diz o texto, mas é só uma opinião.

Ao homem também se deveria aceitar a exposição de emoções, o gosto por novelas ou roupas sem ser atacada a sua virilidade...

Num ponto concordo: Ser mulher ainda implica o dobro da perseverança, da dedicação, e da garra que se exige a um momem na prossecução dos mesmos sonhos e objectivos.

Bjs

Heloisa B.P disse...

E' UMA LINDA MULHER******!
E... UMA MULHER ARTISTA********!!!!!
**********
TRAGO-LHE MEU ABRACO E ME ENCANTO COM PALAVRAS E IMAGENS!!!!!
_GRATISSIMA PELAS VISITAS QUE FAZ A MEU MODESTO ESPACO DE ESCRITA!

_Comeco a conseguir (novamente) circular pelos BLOGUES e, especialmente, PELA *"CASA" DOS AMIGOS*******!!!!!!!

ESTEJAM EM SAUDE E ALEGRIA!

Heloisa B.P.
************

Papoila disse...

Podemos tudo ...Somos mulheres

Adorei

Beijos
BF

gaivotadaria,ainda disse...

Olá Isabel pensavas que me iria assim esquecer de ti assim facilmente? Nem pensar! Aqui estou eu para te deixar um beijinho com muita saudade. Ah e sabes? Adoro ser mulher! Se me tivessem dado a escolher e perguntassem: queres ser lá na terra homem ou mulher? eu responderia: Mulher!
E não o podendo ser, não te importas que não sejas? - Importo-me!!! Assim não vou para «baixo»!Baixo, entenda-se, terra, claro!
ahahahahhaha beijinhos

aDesenhar disse...

Gosto de ser homem e algumas passagens do texto referentes à mulher também fazem parte do meu/nosso dia a dia!
:-)
Por isso em vez de 1 dia da mulher, "decreto" 365 dias para ambos, homem e mulher.

Sejam felizes
e
espero
que daqui
a
500 anos
este tema
esteja completamente
ultrapassado.
Sim porque
a mentalidade
retrograda
da Idade Média
que ainda hoje se faz sentir,
estará completamente
ultrapassada.
:-)
bjs Isabel

Alexandre disse...

Devias prolongar o post porque tudo o que dizes é verdade! Verdade por inteiro: a MULHER continua no séc. XXI a ser considerada um ser menor e no entanto é ela que move o Mundo!

Parabéns pelo post e pela dedicatória que presta nele!

Muitos beijinhos!!!!

Nilson Barcelli disse...

Gostei do texto da tua amiga.
E da tua foto, claro, porque o que fazes é sempre bom.
Beijinhos.

mfc disse...

Bonito... é que não se consegue discordar!

Odele Souza disse...

Ah! Um trabalho teu com um texto de Hilda. Ficou muito bom.
Saudades dela.
Um beijo para ti, querida.

Isabel-F. disse...

Querida Eva,

Claro que eu concordo quando dizes que ao homem devia ser possível extravasar as suas emoções sem ser posta em causa a sua masculinidade ...

beijos

Isabel-F. disse...

Querida Heloisa,

Que bom te ver ... tinha saudades tuas...


beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

Papoila,

Claro que podemos ...

beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

Querida Gaivota ...

eu também adoro ser mulher ...

e fico muito feliz que me tenhas vindo visitar.


beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

Adesenhar.

Bom amigo ...

claro que sim ...

mas não sei se:
"Sim porque
a mentalidade
retrograda
da Idade Média
que ainda hoje se faz sentir,
estará completamente
ultrapassada.
"

as diferenças entre homem e mulher julgo que nunca deixarão de existir.

beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

Alexandre ...

Obrigada ...

a dedicatória é feita à autora do texto, que não é meu.


bjs

Isabel-F. disse...

Nilson.

Beijinhos e muito obrigada pelos teus elogios constantes aos meus trabalhos.

Isabel-F. disse...

mfc,

não se discorda porque todos nós sabemos que é a realidade....


beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

Odele,

Obrigada.

a Hilda está contactável no email dela.

beijinhos

Mário Relvas disse...

Vivam as mulheres e os homens. Viva o ser humano. Viva este teu blog.

bjs amigos

Isabel-F. disse...

Mário,

é isso aí:

Vivam as mulheres e os homens. Viva o ser humano. Viva este teu blog.


beijinhos e obrigada

leituras disse...

Bom texto este.
"Casa da Sogra" era um dos blogs que, até ter deixado de publicar, visitei várias vezes.

Boa semana

C Valente disse...

E vivam a mulheres, ser complexo, e maravilhoso
saudações amigas com um beijo

Valéria disse...

Isabel,
É um prazer vir aqui e além de ver seu trabalho que é encantador, ler esse texto rico da minha tão querida amiga Hilda.
Ela tem o dom de escrever com essa sensibilidade que lhe peculiar.
Concordo em genero, numero e grau com tudo que ela disse.
Mas os Homens são pessoas de sorte, afinal, são amados por nós mulheres, Ehh privilégio rs...

Beijos com carinho,

Valéria

Isabel-F. disse...

Leituras,

Eu tenho muita pena que a Hilda tenha parado de postar ... mas vou esperar que seja uma situação temporária ... gosto muito dos escritos dela ...

beijinhos

Isabel-F. disse...

C Valente,

sem dúvida que somos complexas...


beijinhos

Isabel-F. disse...

Olá Valéria,

Bem vinda aqui ao meu sítio. Obrigada pela visita e pelas palavras deixadas.

Espero ver-te por aqui mais vezes ...

fui espreitar o teu sítio, mas não dá para comentar ... gostei muito

beijinhos e obrigada

Um Poema disse...

Recordo este texto que li em "Casa da Sogra".
Esperemos que um dia a Hilda volte à blogosfera para que possamos ler os seus textos.

Um abraço

Isabel-F. disse...

Vitor,

Tb espero que a Hilda volte ...

ela escreve divinalmente e é uma pena não termos os textos dela para ler.

beijinhos