segunda-feira, outubro 29, 2007

Diagnóstico: COMA VIGIL IRREVERSÍVEL.

Por onde anda a JUSTIÇA no Brasil ????







Cool Slideshows

(animação feita pela Laurentina)

Mais uma vez aqui trago a situação dramática da Odele Sousa, que viu a sua filha entrar em coma vigil, irreversível, no Brasil, devido a um ralo de piscina... Ela espera apenas que se faça justiça. A solidariedade não pode ser uma palavra vã. A justiça não pode ser sinónimo de injustiça. (palavras de Mário Relvas , que faço minhas)

Convido-vos a visitarem:Flavia vivendo em coma

Enviem um mail à embaixada do Brasil em Lisboa: geral@embaixadadobrasil.pt
e denunciem esta injustiça

06.01.1998 – FLAVIA SOUZA BELO, então com 10 anos, sofre grave acidente quando teve seus cabelos sugados pelo ralo da piscina do condomínio onde morava com a mãe e o irmão de 14 anos, no bairro de Moema, São Paulo. – Brasil. Flavia teve parada cardio-respiratória e desde então está em coma vigil, estado que segundo os médicos, é irreversível.

Odele Souza, a mãe, processou o condomínio Jardim da Juriti, a Jacuzzi do Brasil, fabricante do ralo e a AGF Seguro, seguradora do condomínio. O condomínio, porque trocou o equipamento sem orientação técnica, colocando no lugar do anterior, um equipamento de sucção SUPERDIMENSIONADO em 78%.

A Jacuzzi, fabricante do ralo, porque não orientou em seus manuais, sobre os riscos da instalação de um equipamento em desproporção com o tamanho da piscina, e a AGF Brasil Seguros, porque não pagou quando solicitada, o seguro existente no condomínio, vindo a fazê-lo apenas um ano e onze meses depois, sem juros e correcção monetária.

Ao longo desses quase nove anos que tramita na justiça paulista, o processo de Flavia teve dois julgamentos. Em ambos, foi concedida indemnização que Odele considerou muito pequena, tendo em vista a gravidade do acidente ocorrido com Flavia. Odele recorreu das duas sentenças, mas mesmo tendo sido anexados aos autos, laudos periciais realizados por peritos designados pela justiça, onde foi constatado o SUPERDIMENSIONAMENTO do equipamento de sucção da piscina cujo ralo sugou os cabelos de Flavia, e mesmo continuando ela a viver em coma vigil já por quase dez anos, até hoje, os responsáveis pelo acidente NÃO FORAM CONDENADOS a pagar a indemnização pleiteada. Odele, hoje busca divulgação para o caso, e espera com isso, chamar a atenção para o desrespeito aos direitos humanos de sua filha. Espera também a CONDENAÇÃO EXEMPLAR dos responsáveis pelo acidente que deixou Flavia em coma pelo resto de seus dias.

Odele Souza

No blog FLAVIA, VIVENDO EM COMA (http://www.flaviavivendoemcoma.blogspot.com/) Odele protesta contra essa lentidão da justiça brasileira em conceder à Flavia a indemnização a que tem direito e alerta sobre o perigo existente nos ralos de piscinas, que sem legislação específica, continuam a causar acidentes fatais ou gravíssimos em todo o mundo, conforme vem sendo documentado no blog de Flavia. A maioria das vítimas é crianças.·

Como diz o meu amigo Mário Relvas, a solidariedade não pode ser uma palavra vã.
______________________

Boa semana a cada um de vós.

Beijinhos,

Isabel

20 comentários:

J.G. disse...

Desde há muito que conheço o caso e estranho, no mínimo, a morosidade da justiça em conceder o que me parece ser devido à Flávia.
e destavez vou colocar um apontamento sobre o caso em um dos meus blogues, se bem que seja apenas um contributo ínfimo.

Abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
justiça no brasil ?
nem nas novelas ou novelos . . .
,
vou colaborar
*
xi
*

Laurentina disse...

Isso de justiça é uma palvra que ja pouco valor tem , bem como outras ...

Para a Flavia e a Odete TODA A MINHA SOLIDARIEDADE.

Para ti Isabel,
um beijão grande

Amaral disse...

Isabel
Pelos vistos s Justiça é lenta em todo o lado. A Flávia merecia que o caso dela fosse resolvido. A Odele é uma mulher de muita coragem.
Vou colaborar.
Boa semana.
Bjo

Luz disse...

Olá Isabel,

Obrigada pelo comentário.

Uma amiga minha foi atropelada no Brasil em cima do passeio, nada que se pareça com o caso da Flavia na medida em que está lúcida, embora com mazelas para a vida, todavia já passaram mais de 6 anos e até hoje foi tudo pago do bolso dela, há inclusivé médicos brasileiros que dizem que se não fosse o facto de terem podido pagar, lá, um hospital privado ela dificilmente estaria viva (ela só voltou para Portugal meses depois tal era o estado crítico).

Enfim, a justiça lá é como é e a nossa não vai em melhor caminho.

Fica bem

Bjs

Luz

Odele Souza disse...

Querida Isabel,
Já não tenho palavras para lhe falar de minha gratidão pelo seu apoio, solidariedade, carinho e amizade. Mais uma vez, MUITO OBRIGADA por MAIS UMA VEZ, você divulgar aqui em seu espaço, a história de Flavia, mostrando-a para seus visistantes.
Em alguns blogs que estão fazendo posts sobre o caso de Flavia, aos quais sou muito agradecida,leio alguns comentários de descrédito a este movimento, a esta minha denúncia, a este meu protesto a este meu barulho que eu quero e espero se transforme em um GRITO de indignação e revolta por tanto desrespeito aos direitos de minha filha. NOVE ANOS esperando que os juízes brasileiros condenem como merecem ser CONDENADOS os culpados pelo acidente que deixou Flavia em coma, É MUITO TEMPO. Que me desculpem os que desacreditam no meu GRITO por justiça para minha filha, mas prefiro acreditar na luta e na ação do que na inércia e na resignação.Por isso vou continuar GRITANDO, e farei o possível para que meu GRITO ecoe o mais possível, e espero que além de Flavia, outras pessoas possam ser beneficiadas, quando se derem conta de que o silêncio só interessa aos culpados.

A todos quantos têm colocado posts sobre Flavia, a todos quantos visitam, comentam, linkam e divulgam o blog de Flavia, colaborando assim para dar mais visibilidade a esta INJUSTIÇA feita à minha filha, meu igual MUITO OBRIGADA.

Isabel, aceite um beijo meu e de Flavia.

Meg disse...

Junto a minha voz a todas as que se erguem em apoio desta
MÃE CORAGEM quando diz
(...) prefiro acreditar na luta e na ação do que na inércia e na resignação.Por isso vou continuar GRITANDO, e farei o possível para que meu GRITO ecoe o mais possível, e espero que além de Flavia, outras pessoas possam ser beneficiadas...

Bem hajas, Isabel

hilda disse...

Isabel, parabenizo você e aos blogueiros portugueses pela demonstração de solidariedade explicita que se vê aqui na blogosfera portuguesa em relação ao caso da Flávia.

Odele merece e precisa de toda solidariedade e atos que pudermos realizar para quem sabe, sacudir a justiça brasileira.

Beijocas e boa semana.

Betty Branco Martins disse...

Querida Isabel

Realmente quando se trata de justiça______________ela é lenta-lenta demais em qualquer parte do mundo. é um caso muito triste

Beijinhos com carinho
boaSemana

guiga disse...

Há coisas que custam a acreditar!
Neste casos, onde anda a justiça?
Beijos e uma óptima semana! *.*

peciscas disse...

Conheço o drama da Odele e da filha Flávia. Tenho, aliás, o link do seu blog no meu Paciscas.
É um caso exemplar.
Por um lado patenteia a inépcia, a negligência e a desesperante impunidade que andam por aí à solta.
Mas também a grandeza humana de uma mãe, que não desiste, que luta, que ama!

Entre linhas... disse...

Junto a minha voz a esta Mãe Coragem,toda a solidariedade é pouca numa causa como esta.
Bom início de semana amiga
Bjs Zita

Águas da Vida disse...

Excelente post bem merecido a divulgaçao do blog de nossa amiga Odele.
Uma excelente semana para ti querida amiga.
Big Kiss

mfc disse...

Que dor!

Meg (Sub Rosa) disse...

Querida Isabel:
Absolutamente doloroso, impossível não se solidarizar não somente com a menina e com a mãe dela- que dor! Insuportável até para quem só assiste.
Espero firmemente que - como já houve julgamentos e sentença - que se persevere na busca do ideal ansiado.
Eu, permaneço acreditando que pela justiça deve ir-se às últimas conseqüencias.
Uno-me evidentemente,ao pleito.
Um grande beijo
Meg

Miguel disse...

Espero que a luta permanente da Odele seja recompensada ...!

Isabel,
Parabéns pelo teu post e tudo de bom para Odele e para a Flavia ...!

Bjks da M&M & Cª!

Paula Raposo disse...

Pois não. A solidariedade não pode ser uma palavra vã. A demora em todo o processo causa náuseas. Junto a minha voz às de protesto pela 'trampa' que se vai fazendo lá ou cá ou em qualquer lugar, impunemente.

La Flor de la Mafia disse...

Hola Isabel,gracias por visitarme en mi casa.
Ojala entre todos podamos hacer algo por esta hermosa mujercita
Besos

Mário Relvas disse...

Á injustiça é tremenda. Só damos valor às situações quando passamos por elas!

Bravo Isabel pelo teu bleo post. O Aromas de Portugal, como não podia deixar de ser, está nesta cruzada pela Flávia e Odele, desde que dela tomou conhecimento.E vão três posts solidários!

bjs

Anónimo disse...

Conheci o caso de Flávia através do blog De Cara Pra Lua.
Desde então passei a acompanhar e infelizmente, nada aconteceu.