segunda-feira, outubro 15, 2007

Cheiros

Cheiros

Gosto do cheiro
da flor da laranjeira,
do alecrim
e do jasmim.
Faz-me imaginar
o odor do Paraíso.
Quando me perco
nesses cheiros
sonho imagens
calmas de serenidade
e imagino
como seria o mundo
se todos,
de olhos fechados,
seguíssemos o odor
da felicidade,
da paz,
… do amor.
(in Outonalidades, José Amaral)
Dedico este Post a José Amaral.

Boa semana a cada um de vós.
Beijinhos,
Isabel

46 comentários:

Pepe Luigi disse...

Como seria Belo o mundo!

Beijinhos

Eduardo P.L. disse...

Isabel,

o paraiso é o melhor exemplo para o dia da blogagem coletiva, sobre o meio ambiente. Lá ele era perfeito....

Bjs

(;-))

Paula Raposo disse...

Importante o olfacto...beijos para ti.

Amaral disse...

Isabel
Muito me orgulha ter este poema meu ilustrado por ti e divulgado. A imagem está excelente. Espero que os teus visitantes gostem, também, do poema.
Obrigado!
Boa semana.
Beijo

Isabel-F. disse...

Pepe,

pois ... que bom seria ...

beijinhos

Isabel-F. disse...

Eduardo,

tens toda a razão...


beijinhos

Isabel-F. disse...

Paula,

sem dúvida.

beijinhos

Isabel-F. disse...

Amaral,

fico feliz por teres gostado da imagem e agradeço-te teres permitido que eu ilustrasse este teu poema, de que tanto gostei ...

julgo que os meus visitantes certamente apreciarão como merece o teu poema...

beijinhos

MEIO MALUCO disse...

desde já as minhas desculpas por ter estado ausente do teu blog, e que arrependido estou, pois as tuas obras continuam divinais :)

Bjs

wind disse...

Belíssima imagem em sintonia com o poema:)
Beijos

Marco Ferreira disse...

Ora aí está uma coisa pela qual eu também gosto de me basear, os cheiros.

Bonita imagem.

marinheiroaguadoce a navegar

Isabel-F. disse...

Meio maluco,

não precisas pedir desculpas ...

o que interessa é que voltaste.

beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

Wind,

Fico feliz por teres gostado.

beijinhos

Isabel-F. disse...

Marco,

eu também ...
acho-os muito importantes...


beijinhos

Maria Clarinda disse...

Super bem dedicado, Isabel!!!
Jinhos mil

guiga disse...

Não sei se seríamos mais felizes! Dependeria da forma de cada um cheirar e de interpretar os aromas! :)
Beijos *.*

p.s.- boa semana para ti tb!

poetaeusou . . . disse...

*
imagem fabulosa
,
divinal,
,
eden, favorecido . . .
,
xi
*

Isabel-F. disse...

Maria Clarinda,

Que bom teres gostado.

beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

Olga,

Tudo depende sempre da interpretação que lhe damos...


beijinhos para ti

Isabel-F. disse...

poetaeusou,

sempre simpático ...

beijinhos e obrigada

Águas da Vida disse...

Estou sem palavras ao ler esse poema muito profundo, excelente querida Isabel.
Um excelente inicio de semana para ti.
Big Kiss

mfc disse...

Os cheiros.... enebriam-nos!

Isabel-F. disse...

Amanda,

... que bom teres gostado ... fico feliz ...


beijinhos e obrigada

Odele Souza disse...

Imagem e texto em perfeita sintonia.O poema de Amaral é lindo...e Isabel soube ilustrá-lo com uma imagem à altura.

Um beijo a ambos.

Isabel-F. disse...

mfc,

sem dúvida ...
são inebriantes ...
rsss... desde que não sejam maus ...

beijinhos

Isabel-F. disse...

Odele,

... é lindo sim Odele ...
ainda bem que também gostas ...


beijinhos

Eva Shanti disse...

Uma sugestiva imagem do Paraíso, do Adão e da Eva...

Bjs

Isabel-F. disse...

Olá Eva,

Obrigada e beijinhos

Mar Arável disse...

Um prazer visitá-la

peciscas disse...

Que bem cheira por aqui!

E veio-me à memória o Fado dos Cheirinhos do Ary dos Santos:

Ai que cheirinho tem o lindo caldo verde que tu trazes nos teus olhos
Ai que cheirinho tem o alecrim da esperança que tu me atira aos molhos
Ai que cheirinho têm as roupas de linho que tu estendes nas janelas
Ai que cheirinho gosto mais de amor contigo do que das iscas com elas.
Tua boca cheira a cravo
E teu corpo a segurelha
Quando cheiro o cabelo
Cheiro uma rosa vermelha
Tens um cheirinho a hortelã
Na pimenta das palavras
Quando acordas de manhã
Tens tempero de ervas bravas.
Ai que cheirinho tem o lindo caldo verde que tu trazes nos teus olhos
Ai que cheirinho tem o alecrim da esperança que tu me atira aos molhos
Ai que cheirinho têm as roupas de linho que tu estendes nas janelas
Ai que cheirinho gosto mais de amor contigo do que das iscas com elas.
Tens um cheiro a erva doce
Mesmo na ponta dos dedos
E és já como se eu fosse
Um cravinho de segredos
Há um cheiro a madrugada
Nas colinas dos teus seios
E uma amora perfumada
Nos teus belos lábios cheios
Ai que cheirinho tem o lindo caldo verde que tu trazes nos teus olhos
Ai que cheirinho tem o alecrim da esperança que tu me atira aos molhos
Ai que cheirinho têm as roupas de linho que tu estendes nas janelas
Ai que cheirinho gosto mais de amor contigo do que das iscas com elas.
Teu corpo cheira a maçã
E até o nosso filho
Quando nascer amanhã
Há-de cheirar a tomilho
Porque me cheiras tão bem
Desde o dia em que te vi?
No fundo, sabes meu bem
É porque cheiras a ti!
Ai que... cheirinho tem o lindo caldo verde que tu trazes nos teus olhos
Ai que cheirinho tem o alecrim da esperança que tu me atira aos molhos
Ai que cheirinho têm as roupas de linho que tu estendes nas janelas
Ai que cheirinho gosto mais de amor contigo do que das iscas com elas.

irneh disse...

O cheiro do paraíso ainda se encontra em alguns recantos do planeta, por pouco tempo, decerto.

Beijinhos

Isabel-F. disse...

Eufrázio,

Muito obrigada

bj

Isabel-F. disse...

Peciscas,

Que poema maravilhoso ... não o conhecia ...
obrigada por aqui o teres deixado.

beijinhos

Isabel-F. disse...

irneh,

... tens razão .. em poucos mas ainda há...


beijinhos e obrigada

aDesenhar disse...

O teu post lembra-me a geração do "make love not war", infelizmente mal interpretada pelo poder instituído da época.
Vamos sonhando com um mundo melhor na esperança de um dia podermos sentir todos estes cheiros, em liberdade.
:-)

bjs

Baby disse...

Linda homenagem para o José Amaral, que tão bem nos disse quão importantes são os cheiros na nossa vida.
Beijinhos.

Laurentina disse...

Querida amiga .
"A GUERRA" hoje canal 1 às 21h, ontem foi uma introdução .

Isabel-F. disse...

Adesenhar,

tens razão ...

e vamos sonhando com a liberdade que continua a não existir...

beijinhos

Isabel-F. disse...

Baby,

sim ... claro que os cheiros têm imensa importância ... e como já disse mais que uma vez o poema é belissimo


beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

Elsa,

Beijinhos e obrigada

Um Poema disse...

Belíssima dedicatória.

Um abraço

Isabel-F. disse...

Vitor,

fico feliz por teres gostado

beijinhos e obrigada

J.G. disse...

Olha, está muito bonito. Fresquinho, parece mesmo que cheira a flor de laranjeira...a rosmaninho...

Lá se é ou não o cheiro do paraíso, não sei. Mas se este existir, então que cheire assim!

Abraço.

Isabel-F. disse...

Jorge,


pois as flores que estão na imagem são mesmo essas e tem também jasmim...

ainda bem que gostaste.

beijinhos

Mário Relvas disse...

Que musicalidade esta simbiose da foto lindíssima e do poema!

bjs amigos

Isabel-F. disse...

Mário,

que bom ter sido do teu agrado...

fico feliz.

bjs e obrigada