quarta-feira, agosto 22, 2007

A recompensa ...

dedico-vos esta imagem,

com um beijo,

isabel

50 comentários:

MEIO MALUCO disse...

Bom dia, revelaste um pouco dos bastidores dos trabalhos que colocas aqui no blog, e isso foi feito de uma forma artistica, muito bonito (é pena hoje não ter mulheres, lolol, mas tb não faz mal, é para desenjoar um pouco, lol).

Bj.

Paula Raposo disse...

Muito belo! Beijos.

Isabel-F. disse...

meio maluco,

viva ...
tens razão ... essa é a tela com que trabalho ... o programa tem esse aspecto...

bjs

Isabel-F. disse...

Obrigaga Paula.


beijinhos para ti

M. Relvas disse...

Fantástico.

Fica bem:

"A ESMOLA DO POBRE"


Nos toscos degraus da porta
Da igreja rústica e antiga,
Velha, trémula era a mendiga,
Que implorava compaixão.
Quase um século contado
De atribulada existência,
Ei-la, enferma e na indigência,
Que à piedade estende a mão.

Duas crianças brincavam
Á distãncia, na alameda;
Uma trajava de seda,
Da outra humilde era o trajar.
Uma era rica, outra pobre;
Ambas louras e formosas;
Nas faces a cor das rosas,
Nos olhos o azul do ar.

A rica ao deixar os jogos,
Vencida pelo cansaço,
Viu a mendiga, e ao regaço
Uma esmola lhe lançou;
Ela recebeu-a, e a criança
Que a socorre compassiva
Em prece fervente e viva
Aos anjos a encomendou.

Dum ligeiro sentimento
De vaidade possuída,
À criança mal vestida
Disse a do rico trajar:
-O prazer de dar esmolas
-A ti e aos teus não é dado
-Pobre como és,c oitado!
-Aos pobres o que hás-de dar?

Então a criança pobre,
Sem mais sombra de desgosto,
Tendo o sorriso no rosto,
Da igreja se aproximou;
E depois, serena, em silêncio,
Ao chegar junto da velha,
Descobrindo-se , ajoelha
E a magra mão lhe beijou.

A mendiga alvoroçada,
Ao colo os braços lhe lança,
E beija a pobre criança,
Chorando de comoção.
É assim que a caridade
Do pobre ao pobre consola,
Nem só da mão sai a esmola,
Sai também do coração.

Poema de Júlio Dinis, retirado do blgue:
Aryanalee

Uma palavra amiga, um consolo, é algo que o dinheiro não compra. A solidariedade é a grande arma contra a solidão e o infurtúnio. Que ninguém se sinta triste com a sua situação, sem que antes, tenha olhado bem, com olhos de ver, à sua volta, encontrando situações bem piores, pelo que temos que reagir e viver. É triste quando temos amigos que se afastam, talvez por culpa nossa, não o sei dizer, mas os mais próximos não querem conviver com a diferença, pois não sabem como reagir e cobardemente partem, ou dizem uma palavra de "conforto", pensam eles, de vez em quando.
A amizade, é a presença nas dificuldades do amigo que, apenas "sai do coração".

Caminhemos juntos de mãos dadas!

Isabel-F. disse...

Mário,

Obrigada ...

e lindo este poema.


beijinhos

guiga disse...

Também adoro mexer com esses programas.. Mas, não tenho tanta arte como tu! E também tenho falta de tempo para aprofundar mais os meus conhecimentos.

Adorei o trabalho! :)
Beijos! *.*

Isabel-F. disse...

Olga,

Estou à tua dispisção se quiseres aprofundar os teus conhecimentos ...

beijinhos

wind disse...

Fantástico trabalho de criatividade! Parabéns:)
beijos

Isabel-F. disse...

Wind,

és uma querida ...


beijinhos

multiolhares disse...

espectacular, adorei
beijos

Nilson Barcelli disse...

A tua criatividade é inesgotável.
Um belo trabalho, claro.
Beijinhos.

Miguel disse...

Isabel,

Tu mereces como recompensa, um comentário de parabéns ...!

Bjks da M&M & Cª!

Lumife disse...

Isabel vim visitar-te e apreciar os trabalhos que generosamente partilhas connosco.

Continuas uma artista na arte que aqui praticas.

Felicidades

Bjs

Alexandre disse...

Sim, o cavalo pode bem simbolizar a relação entre os animais e as novas tecnologias já que é um animal inteligentérrimo e soberbo de charme!

Grande composição! Muito obrigado!

Muitos beijinhos!!!

Camilo disse...

Vi muitos... muitos western's.
Até os "spaghettis".
Quase todos...
Ó Isabel... esta imagem faz-me lembrar aquela piada...
-O "artista" casa...
com o cavalo!!!

Alexandra Caracol disse...

Lindo como sempre minha amiga.

Seus trabalhos consolam os nossos olhos e corações.

Continue dando largas aos seu talento divulgando-o.

Beijos.

Alexandra Caracol

Odele Souza disse...

Isabel,
O cavalo para mim simboliza a resistência, a força... esta força que sempre nos deve manter firmes,
e resistir aos obstáculos de qualquer natureza.
Um beijo.

MEIO MALUCO disse...

Nada de novo!?! é pena, vinha cheio de vontade.

Mas eu depois volto :)

Bj

JMC disse...

Ora aí está a fase de produção de um dos trabalhos que díariamente nos ofereçe, muito bonito e elegante.

JMC

Isabel-F. disse...

Multiolhares/ Luna,

que bom te ver por aqui.


beijinhos

Isabel-F. disse...

Nilson,

sempre simpático ...


beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

Miguel,


obrigada

beijos

Isabel-F. disse...

Lumife,

as tuas palavras são um prazer.
obrigada e bj

Isabel-F. disse...

Alexandre,

concordo contigo ...


beijinhos

Isabel-F. disse...

Camilo ....

rssss...
gostei


beijinhos

Isabel-F. disse...

Obrigada Alexandra,

és um amor e estou em falta contigo ... há muito não vou ao teu sítio...

beijinhos

Isabel-F. disse...

Odele,

aboslutamente de acordo contigo ...

beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

meio maluco,

hoje em princípio não coloco nada ... só amanhã ... ou mais ao fim do dia ... está todo o mundo de férias ... e não vale a pena estar a postar aqui coisas demais pois ninguém ou quase ninguèm vê...


beijinhos e obrigada

Isabel-F. disse...

jmc,

feliz com a tua visita e obrigada pelas tuas palavras ...


beijinhos

Entre linhas... disse...

São sempre fanásticos os teus trabalhos Isabel.
Muito bonita esta composição.
Bjs Zita

Isabel-F. disse...

Zita,

que bom teres gostado ... fico feliz.

bjs e obrigada

MEIO MALUCO disse...

Está bem, mas olha que estou mortinho por ver o teu próximo trabalho.

bj

Isabel-F. disse...

meio maluco,

fica descansado ... vai ser diferente tb...

bjs

J.G. disse...

Por acaso até gosto de aveia!

Ahahahah!...

Muito obrigado.

abraço.

Isabel-F. disse...

Jorge,


rssssss.....


nada tens a agradecer.

bjs

C Valente disse...

prefiro o cavalo preto
o assunto para mim já está encerrado,quanto uns ladram outros seguem
saudações amigas com um beijo

peciscas disse...

Estive uns dias fora.
Agora, cá estou de novo, a acompanhar os teus belos trabalhos.

Isabel-F. disse...

C Valente,

Sem dúvida o preto é o mais belo

bjs

Isabel-F. disse...

Peciscas,

obrigada e...
bem vindo de regresso.


bjs

Sashacores disse...

Muito original.
Convido-te a espreitar aqui www.sashacores.wordpress.com

Beijinhos
Clitie

poetaeusou . . . disse...

*
bigado
*
xi
*

Cristina disse...

Bonito, linda imaginação...

Um bom fim de semana para ti Isabel
:o)
beijinhus

Isabel-F. disse...

Clitie,


já lá andei a espreitar


bjs

Isabel-F. disse...

poetaeusou,


rss....


bj

Isabel-F. disse...

Cristina


beijinhos e obrigada

Um Poema disse...

Lembrou-me o filme "O DOMADOR DE CAVALOS".

Um abraço

Isabel-F. disse...

Vitor,

... acho que não vi esse filme ...


beijihos e obrigada

Águas da Vida disse...

Excelente conheço tb esse programa mas creio que a arte nasce em cada um ,nao adianta programas, é o seu caso, ès uma artista nata!
Parabens!
Big Kiss

Anónimo disse...

Sou pastor batista na cidade de Salto - São Paulo - Brasil.
Estarei falando à juventude sobre um texto de Zacarias, capítulo 1, que descreve a visão dos cavalos falantes.
Apreciei sobremaneira a sua arte magnífica, peço permissão para exibir a imagem dos cavalos no data show como ilustração ao meu sermão.
Claro que com a marca de sua assinatura.
Com muita honra para mim.
Meu e-mail é: terciofarias@hotmail.com
Abraços,
Pr. Tércio