quarta-feira, maio 16, 2007

"Duo"

O Poeta e Escritor António Paiva, do Blog Coisas do Burro, escreveu:

quando me sinto feliz
afogo-me em bebedeiras de luares
e acordo com os olhos húmidos de ternura


para eu ilustrar:




Isabel Filipe
António Paiva

35 comentários:

hilda disse...

Duo perfeito!

Imagem e pensamento preciosos!
Parabéns aos dois, Isabel e Antônio.

Beijos também aos dois!

Um Poema disse...

E ilustraste muito bem, Isabel.

Se as palavras do António Paiva têm o sabor da excelência, a ilustração tem a excelência da beleza.

Um abraço

Era uma vez um Girassol disse...

Muito bem ilustrado!!!!
Gostei das palavras, uma beleza de emoções!
Bjs

Paula Raposo disse...

E está um duo lindíssimo!

MRelvas disse...

Mas que iamagem mais linda.

Isabel és o máximo.

Vou-te propr um desafio... vais ao meu blog e escolhes lá umas fotos dos jovens comandos e suas namoradas, fazes um trabalhinho, para lhes dedicar agora que estão em sofrimento.

Aceitas?

Beijinhos

Mário Relvas

MRelvas disse...

Isabel, no fundo do teu blog tens os blogs que têm linkado o teu blog... eu não estou por lá?Estás no Aromas desde que aqui vim!!
Era isso que me referi outro dia...eh..eh!

Beijos

Mário

Cristina disse...

...e como sempre ilustraste muito bem!

Lindas palavras, linda arte tua
:)
beijinhu

Daniel Marques disse...

As suas imagens também inspiram belos poemas.

Odele Souza disse...

Isabel e Antonio,

Certamente um belo encontro...

Abraços.

MRelvas disse...

Muito obrigado amiga Isabel pela tua explicação, estamos sempre a aprender.

Realmente compreendi agora o que me falaram em tempos.

Virei tentar colocar esse link mais tarde.É giro ver quem mais nos visita, mesmo que não deixe comentários.

Hoje tenho o dia ocupado com o meu menino (já tem 19 anos, mas sabes que é sempre um menino)...

bjs, obrigado e desejos de um bom fim de semana.

Mário Relvas

antónio paiva disse...

.................

Isabel,

não seria de esperar outra coisa
da tua sensibilidade e arte

está magnífico!!!!!!

(peço desculpa, mas não tenho conseguido dedicar tempo nenhum nem ao blog, nem a visitar os amigos como tu, espero que isto acalme, para retomar algo que tanto gosto de fazer)
....................

Beijo e bom dia para ti

Laurentina disse...

Mais uma vez ...adorei ...e o poema também está lindo ...vou espreitar ao tal "coisas do burro" que não conheço.


Beijão grande

wind disse...

Espectacular! Parabéns:)
Beijos

Marco Ferreira disse...

Muito bom. Costumo ser leitor assíduos dos dois blogues, por isso acho a união perfeita.

marinheiroaguadoce a navegar

Kalinka disse...

Bela ilustração.
Parabéns a ti e ao António.

Homens compram jornais na tabacaria da esquina, antes de subirem a Rua do Alecrim. Na loja onde se vende o bacalhau, havia barricas de sangacho, castanhas piladas, grão de bico ao litro e peixe seco.
Avisto o edifício da Câmara de Lisboa, belo e limpo, a fachada toda branquinha e trabalhada; chegamos à Praça do Comércio e entra na Rua da Prata, está prestes a terminar a minha aventura no eléctrico da carreira 15.
Tenho saudades desses instantes suspensos, sim, mas do que tenho mesmo saudades, é de me sentar no chão. Não no muro à beira do caminho, não na pedra à sombra da acácia, mas no chão mesmo.
É isso «saudades de Africandar»…

Beijitos.

Reflexos da Alma disse...

Isabel,
Lindo pensamento ...direi até lindo "Meme"....e linda ilustração que se casa na perfeição com a ideia das palavras ditas ...

Beijos

Entre linhas disse...

Belo dueto entre a imagem e o pensamento.
Tudo atinge o grau de perfeição no teu blog.
Bjs Zita

peciscas disse...

A frase está muito bem construída e tu apanhaste excepcionalmente bem o seu sentido.
Dificilmente a ilustração poderia ser outra!
Um dos teus melhores trabalhos!

Amaral disse...

Isabel
Mais um post excelente.
Bjo

Baby disse...

Já tinha saudade de mergulhar os olhos na beleza dos teus posts, e a mensagem do António é preciosa, portanto completam-se uma à outra na perfeição.
Beijo para ambos.

Eduardo P.L. disse...

Som e imagem lindos como sempre.

Isabel disse...

São duas leituras fantásticas; a do texto e a da ilustração. Vim aqui parar pela mão do nosso amigo António(espero que ele não se ofenda com a minha ousadia mas, é assim que o considero), e fiquei encantada.Vou passar muitas mais vezes, tenho a certeza.

Bjt

leituras disse...

Que beleza!

Boa semana

Nilson Barcelli disse...

Ilustração de luxo para palavras brilhantes.
Parabéns a ambos.
Beijos.

antónio paiva disse...

..................

Isabel,

voltei para saborear de novo este delicioso momento

e também para te dar conta que uma Amiga, de poucas palavras, mas dona de uma grande alma, deu destaque a este trabalho

http://testaalta.blogspot.com/

......................

Beijinhos e noite serena

http://testaalta

foryou disse...

A ilustração está perfeita!!! :)

aDesenhar disse...

lendo e olhando para este resta-me
dizer que está...

excelente.

:-)

bjs isabel

Alvaro Gonçalves disse...

Oi meu anjo,

Amei!!!
A ilustração é magnifica, e nada fica atrás das palavras, acho mesmo que a foto por si só fala sozinha, diz muito do que vai na alma de quem a fez.
Obrigado meu anjo.
Desejos de bom fim de semana e uma semana cheia de luz em teu caminhar.
Bjokas mil e xi - corações.

Menina_marota disse...

Ontem não consegui comentar... será que fica hoje?

Parabéns a ambos, porque resultou um post fabuloso!

Um abraço carinhoso ;)

un dress disse...

liiiindo!








perfect double...:)

beijOS

rascunhos disse...

O amigo António deu-me a conhecer este blog que é uma maravilha.Voltarei.

Águas da Vida disse...

Excelente trabalho com cores lindissimas...
Perdoe minha ausencia estive 2 dias com problemas de conexao, mas tudo resolvido.
Uma excelente quinta-feira para ti.
Big Kiss

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Desculpe a minha ausência, mas o que importa é, que estou de volta.
Continuarei a comentar, é esta a minha maneira de ser:
Oferendo poemas de alguém, receba com carinho!



Vaidade

Sonho que sou a Poetisa eleita,
Aquela que diz tudo e tudo sabe,
Que tem a inspiração pura e perfeita,
Que reúne num verso a imensidade!

Sonho que um verso meu tem claridade
Para encher o mundo! E que deleita
Mesmo aqueles que morrem de saudade!
Mesmo os de alma profunda e insatisfeita!

Sonho que sou Alguém cá neste mundo...
Aquela de saber vasto e profundo,
Aos pés de quem a Terra anda curvada!

E quando mais no céu eu vou sonhando,
E quando mais no alto ando voando,
Acordo do meu sonho... E não sou nada!...

Florbela Espanca

Beijinhos e uma boa semana...

Tessa disse...

Não podia ser mais perfeita a combinação de imagem e poesia...

kurika disse...

Sublime "Duo"

parabéns aos dois...

Mágicas palavras, profundos dizeres e sentires...lindíssima ilustração.

Bjinhos