quarta-feira, abril 18, 2007

Desespero ...


Diante dos muros da cidade, uma noite de inverno / um homem que tinha sofrido muito / gritou, desesperado: 'Qual é o sentido da vida?' / E o eco respondeu-lhe claramente: 'A vida!'
Frans Wilde
Bjs.,
Isabel

43 comentários:

Águas da Vida disse...

Opa deixa eu correr com o comentario pq sou a primeira ....
O sentido da vida é a propria vida" Linda essa frase, o que falar da tua arte? Magnifica.
Uma excelente quarta-feira.
So agora consegui colocar o post de quarta-feira, hoje falo nas cronicas de sexo! Imperdivel.
Big Kiss

Reflexos da Alma disse...

Olá Isabel !
Mais uma composição soberba!
O Desespero,sentimento agreste...
Obrigado pelas tuas palavras, Beijos

Daniel Marques disse...

Muito bom! O grito que se faz ouvir no universo que a rodeia mas que passa ao lado da cidade. Existe ainda humanidade para se ouvir os gritos dos outros?

olga disse...

Exactamente! As pessoas tendem a procurar uma razão p viver, quando a própria vida é razão p isso!

Beijinhos*.*

Alexandra Caracol disse...

Realmente o eco responde àquilo que nós dizemos.

Se eu digo morte, o eco responde "morte", mas se digo palavras de vida ele responde "vida".

O eco é como o reflexo no espelho e volta para nós, sempre.

A forma como nos vemos a nós próprios, leva os que nos rodeiam a tratar-nos de acordo com a imagem que temos de nós.

Quando nos lamentamos porque os outros nos tratam mal, muitas vezes, resulta da forma como não nos amamos.

Eles limitam-se a reflectir a imagem que damos, tal qual a imagem reflectida num espelho.

Beijos

Alexandra Caracol

Isabel-F. disse...

Amanda,
Obrigada.
Daqui a pouco já vou ler as notícias de hoje.
Bj

Isabel-F. disse...

Luis,

é verdade ... mas será que existe alguém que nunca se tenha sentido desesperado???


Bj

Isabel-F. disse...

Daniel,
Olga,

Concordo convosco ... claro ...


Bjs a ambos

Isabel-F. disse...

Alexandra,

Sábias as tuas palavras ...

por isso temos tanta responsabilidade naquilo que vai sendo a nossa vida.


Beijinhos

Amaral disse...

Isabel
imagem carregada de simbolismo aliada a uma frase/mensagem muito interessante.
(Ainda pensei que a rapariga se desnudasse...talvez fique para a próxima)
Bjo

Eduardo P.L. disse...

Isabel, a vida só tem sentido se for vivida! Bjs

Isabel-F. disse...

Amaral,
... rsss... quem sabe numa próxima?

Eduardo,
Claro que sim ... caso contrário que sentido faria?


Bjs a ambos

Delfim Peixoto disse...

O desespero é pior que a solidão, que a saudade... é um sentimento que pode matar muito de nós

Isabel-F. disse...

Delfim ...

sim ... eu sei ...
é uma triste realidade ...
há quem não saiba lidar com o desespero ... e quando isso acontece custa e dói ...

beijinhos

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Desculpe a minha ausência, mas o que importa é, que estou de volta.
Ofereço-lhe este poema da minha autoria...

Sorriso


Não me lembro de ter nascido,
Não me lembro de ter vivido,
Não me lembro, jamais de alguma coisa
Se não somente, de ter sofrido!
Mas que importa isso agora?
Se sou feliz por ora.
Tenho amigos por todo lado
Os quais eu tanto amo
Os quais eu muito respeito
Sou feliz, por fazer sorrir alguém
Que sofre tanto ou mais do que eu.


Conceição Bernardino

Beijinhos e uma boa semana...
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Isabel-F. disse...

Olá Conceição,

... desculpas .... não ... vens aqui qdº quiseres e puderes ...


obrigada pelo bonito poema e parabéns por ele

bjs

Inconformist disse...

Sobre o Desespero...pensei logo que o nosso desespero deve ser sempre arrancado e apagado...há alguns dias atrás li um poema que realmente me tocou:
"Gritos submersos

Gritos submersos
Gritos sonoros,
inaudíveis
Gritos de quem já grito não tem
Gritos que se enrolam
nas ondas barulhentas,
por entre mais e mais gritos
Gritos que ecoam no silêncio
do turbilhão
É o marmoto
no auge da sua aclamação
H2O"
(Em memória das vítimas do Tsunami de 2004)
publ.por Mig in Revista Escolar

Isabel-F. disse...

Inconformist,

Olá e obrigada pela visita.

O poema é maravilhoso. Gostei muito.

Bj

jpg disse...

Isabel laurentina:

Eheheh! Vejo agora que também tens o Prémio. Isto é que vai uma corrente, hein, ou melhor, uma torrente!

Parabéns, mereces pelo teu trabalho diferente e dedicado.

Olha, pus um link para aqui.

Um abraço.
Jorge G - O Sino da Aldeia

Moura ao Luar disse...

Uau

antónio paiva disse...

.................

Sem dúvida!

quanto ao trabalho, a mesma qualidade de sempre

.................

Beijinhos e noite serena

Era uma vez um Girassol disse...

A frase é linda... e a imagem espelha a minha alma...
Está a ser difícil esta passagem "depois de"...
Desconfiança...depressão...tristeza...tudo se sente e vê!
Bjinho

Grão Vizir disse...

bom trabalho esse :)

Clitie disse...

Ando por fora, sem tempo. Passei para te deixar um Beijinho.

Um Poema disse...

A vida!... e a imagem também.
Excelente!

Um abraço

poetaeusou disse...

/
o desespero
é a encruzilhada
para um novo caminhar
/
abç
/

Odele Souza disse...

Isabel,
Passar por aqui é sempre um prazer.Lindo trabalho!

leituras disse...

"Desespero..."
Não sei se sria este o título que daria a esta imagem.
Fiquei com a ideia de que "Determinação..." traduziria melhor a expressão.

Perdoa-me a impertinência.

Boa semana

Rosa_brava disse...

A Vida sem sentido, não é vida...
eu acredito nessa máxima...

Mas agora...

Espero que não te importes que tenha colocado o teu blogue entre os cinco nomes para o prémio Award Thinking Blogger.

As regras são as seguintes:

Vais buscar o selo ao meu blogue, colocas no teu e indicas depois, outros cinco blogues a quem queres atribuir o Prémio Award...

Espero que aceites esta atribuição como forma de demonstrar o grande apreço que tenho pela tua poágina.

Um abraço carinhoso ;)

Jotabê disse...

Já tinha chegado a essa conclusão, quando questionada a natureza, neste caso a vida, ela abre sempre uma porta alternativa, e na sua infinita complexidade, as respostas serão sempre sábias. Evitar chegar ao desespero de a questionar, é só um pouquinho dessa sapiência, que nunca iremos alcançar.

:|
:)

Beijoca

Isabel-F. disse...

Jorge,
Obrigada. Coloquei tb já o teu;

Bom te ver ao fim de tanto tempo.

Bjs

Isabel-F. disse...

Moura,
António,
Obrigada;

Girassol,
Mas o que se passa?

Clitie,
Bom te ver por aqui;

Vitor,
Poeta
Odele,
As vossas palavras são gratificantes;

Bjs a todos

Isabel-F. disse...

Leituras,
Qual impertinência ... embora não tenha pensado nisso depois da imagem feita (1º faço-as ... depois é que penso no que as mesmas podem representar ... dum modo geral é assim) ...
acho que tens toda a razão ...

a tua leitura está bem correcta.

Bjs

Isabel-F. disse...

Rosa,
Tens toda a razão ... quanto ao prémio OBRIGADA ... já te respondi sobre este assunto no teu Blog;

Jotabê,
Aboslutamente de acordo com as tuas palavras.

Bjs a ambos

Águas da Vida disse...

Uma excelente quinta-feira para ti querida Isabel.
Big Kiss

Jotabê disse...

Isabel, eu leio os teus artigos todos com muito prazer e bastante inveja de não ter tempo nem inspiração de compor com tanta arte como tu fazes. Apesar de parecer ausente, por não comentar, és passagem obrigatória, quase diária.

Deixa-me igualmente dizer que grande parte da culpa, de eu não comentar, também é tua, devido ao teor maioritariamente virado à imagem feminina, que aliada à minha grande tendência para a baboseirada, torna qualquer comentário meu um atentado à qualidade do post, e risco de grau elevado ao uso de alguma inconveniência.

As citações que começaste a incluir, vieram-lhes dar uma margem maior, neste último por exemplo fui assolado por uma repentina inspiração, mas que também se deveu ao facto de, meio estremunhado pela manhã ter batido com a cabeça no varão do chuveiro.

:)

Beijoca

Jotabê disse...

Pronto! estás a ver? já saiu baboseirada!

:|

Isabel-F. disse...

Jotabê,

Um elogio sabe sempre bem ... quem não gosta? eu gosto ... assim sendo: OBRIGADA ...
ao fim deste tempo todo já tinha dado para perceber que gostas de brincar ...

mas olha que qtº a citações que acompanham os meus trabalhos, o faço desde sempre ...

beijinhos

peciscas disse...

Cada vez concordo mais com essa frase.
Obrigado pelos teus cuidados relativamente à minha saúde.
Estou em recuperação e as coisas vão correndo dentro do previsto.
Um beijo e parabéns pela continuidade do teu excelente trabalho.

aDesenhar disse...

isabel

toma lá um bj
:-)

Cristina disse...

um beijinho Isabel:)

é sobre vida que falei hoje, tambem.

hilda disse...

Desespero, tranquilidade, tristezas, alegrias, amores e desamores... são os opostos necessários para reconhecermos e vivermos as emoções boas.

Isso é a VIDA!

A composição da imagem está maravilhosa!
Beijocas

MRelvas disse...

Muito bem conseguido.

Uma frase fantástica!
bjs

bom fim semana!
MR