sexta-feira, outubro 06, 2006

Que mulheres são essas ?


Que mulheres são essas?

Que nunca tiverem identidade

Que não sabem o que é vontade

Que sobrevivem por pura coragem

Que muitas vezes passam por covardes.

Que mulheres são essas?

Cheias de dignidade

Que desconhecem o prazer

Por serem extirpadas

Seus sonhos e seu passado

E por terem implantados

Sorrisos falsificados.
Que mulheres são essas?

Que não sabem o que é viver

Que atrevem a vida a sofrer

Que tapam seu rosto

Com se tivesse crimes a esconder
Que mulheres são essas?

Que vivem subjugadas

Sofridas e caladas
Que não sabem o que é serem amadas

Que não têm filhos que não jogam bola

Que não se interessam pela escola.

Que já nascem para lutar

Com metralhadoras na mão

E ódio no coração.
Que mulheres são essas?

Que não têm pressa

Que não têm face
Não olham para verem o mundo

Não têm boca para reclamarem

Só pulmões para respirarem
Que mulheres são essas?

Que vivem escravizadas

Como se morassem numa senzala

Eternamente vigiadas

Tristes e amarguradas
Que mulheres são essas?

Que dariam a vida

P'ra viverem ao menos um segundo

Do outro lado do mundo.
(Silvana Duboc)

Tenham um Bom Fim-de-Semana.

Beijo,

Isabel

17 comentários:

Cristina disse...

Infelizmente é a cultura delas, e aceitam porque não têm outra alternativa.
Um bom fim de semana :)
beijinhus

Kalinka disse...

Olá Isabel
Antes de partires para o fim de semana, quero dizer-TE que adorei a imagem do TANGO, belíssima!!!

Sobre estas mulheres das quais falas hoje, estive recentemente em Marrocos e bem as vi...
Cheias de dignidade
Sorrisos falsificados...
Raramente se vê um sorriso nas suas faces...acreditas?
Que não sabem o que é viver
Que atrevem a vida a sofrer
Que tapam seu rosto
Com se tivesse crimes a esconder
Que vivem subjugadas...
Infelizmente é a cultura destes povos, algumas delas até sentem que é tudo normal naquela forma de viver, já cresceram ensinadas apenas e só desta forma...
Bom fim de semana.
Beijos.

Delfim Peixoto disse...

Conseguiste comover-me e sentir quão covardes somos em não lutar pelos Direitos destas mulheres...
As "fotos" estão....geniais.
Um dia teremos de te montar uma exposição merecida!
Obrigado por nos dares momentos assim, belos, para reflectir!
beijos ternos e...doces!

Luna disse...

Como tens razão, mas também há muitas mulheres da cara destapada, de olhos tristes da vida que as esmaga, sem nada poderem fazer
beijos

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

_____BOM__FIM DE__SEMANA!
_____LET__THE__SUN__SHINE
______IN___YOUR___SMILE___
____8888888888888888888888
_____88888888888888888888
_______8888888888888888
_________888888888888
______________**
____####______**______####
___#######____**____#######
____#######___**___#######
_____######__**__######
________#####_**_#####
__________####**####
___________###**###
____________##**##
_____________#**#___________

@Memorex disse...

Olá Isabel!

Tanto tempo sem vir aqui, as tuas obras continuam a ser lindas e lindas como se fabricasses mundos cheio de sonhos.

Estou desaparecida, mas esquecida não serei graças a ti :)

kiss ternurento e bom fim de semana.

Carinhosamente Memorex

Nina disse...

Passei para te deixar um beijinho e desejar um bom fds :)

Cristina disse...

é isso que nós não sabemos Isabel. se realmente elas dariam alguma coisa pra viver do outro lado. o autor está a pensar por elas à luz da sua vivencia..

beijinho, bom fim de semana.

Luh disse...

Boa pergunta.
E mil respostas.

Um beijinho

adesenhar disse...

infelizmente é uma realidade.
Não entendo esta forma de viver.

:|

bjs isabel
e
bfds

JMC disse...

Provavelmente de sitios com culturas e costumes muito diferentes dos nossos, a que não estamos habituados, e nos causam por vezes algum espanto, quanto á composição está muito boa, como sempre.

Bom fim de semana.

JMC

Hilda disse...

Que mundo é esse?

Bela imagem e texto que desperta minha indignação... bom final de semana, querida Isabel. Beijocas

Roberto Eifler disse...

Oi, Isabel. Desculpa pelo silêncio e pela ausência. Digamos que passei (ou estou passando) por uma fase de questionamento existencial quanto ao blog. Continuar? Não continuar? Mudar? Abrir blogs com outros assuntos simultaneamente? Abandonar? Acho que todos passam por isso, mais cedo ou mais tarde. Acho que vou continuar. E continuarei te visitando, pois é imenso o prazer que proporcionas com a tua arte. Um abraço.

Kalinka disse...

Venho convidar-te para a festa de anos da minha Princesa, estou super mega Feliz.
Bom domingo.
Abraços.

chuvamiuda disse...

.......nós mulheres e homens, somos almas muito complexas.....



Beijinhos e boa semana

Amigo de Alex disse...

Bonito trabalho onde a imagem complementa o texto que nos recorda uma realidade amarga e dificil de debelar. O passarinho nascido no cativeiro não sabe viver em liberdade. Mas pode ser ensinado.
Boa semana.
Um beijo.

Patrícia Posse disse...

um texto k obriga apela a uma reflexão profunda...
***